Tamanho do texto

Frases que dão segurança ao parceiro, como "eu gosto disso", são as mais indicadas para dizer. Veja mais detalhes do estudo sobre preferências sexuais

Por melhor que esteja o momento a dois, nem sempre é fácil saber o que falar na hora do sexo . Muitas mulheres ficam com medo e inseguras de dizer algo errado ou que possa ser mal interpretado, quebrando o clima e arruinando tudo bem na “hora h” .

Seja por insegurança ou falta de prática, não saber o que falar na hora do sexo é mais comum do que se imagina
shutterstock
Seja por insegurança ou falta de prática, não saber o que falar na hora do sexo é mais comum do que se imagina

Para saber o que falar na hora do sexo é só responder: o que você gosta de ouvir quando está na cama com outra pessoa? Se questionar é o primeiro passo para ter um bom desempenho nesse quesito. Além disso, um estudo feito com 2mil pessoas pela “EdenFantasys.com” descobriu o que as pessoas mais gostam de ouvir na hora do sexo.

O que falar na hora do sexo

O que falar na hora do sexo? Frases que dão segurança ao parceiro, como
shutterstock
O que falar na hora do sexo? Frases que dão segurança ao parceiro, como "eu gosto disso", são as mais indicadas

De acordo com o estudo promovido pela loja de brinquedos eróticos, 76% dos entrevistados gostam que seus parceiros falem coisas que lhes dê segurança na cama. Ou seja, eles apreciam ouvir frases de confirmação em relação ao desempenho deles, algo que dê segurança no que diz respeito às ações na hora do sexo. Talvez seja por isso que a frase “Eu gosto disso” foi uma das mais votada quando o assunto foi  aumentar o tesão do parceiro ou da parceira.

Como agir na cama

Além de saber o que falar na hora do sexo, é interessante pensar em agir com o parceiro de forma carinhosa e excitante
shutterstock
Além de saber o que falar na hora do sexo, é interessante pensar em agir com o parceiro de forma carinhosa e excitante

O estudo ainda investigou quais comportamentos as pessoas mais apreciam em um parceiro na hora do sexo . Entre os mais votados estão mordicar o ouvido e fazer contato visual, revelando que para se dar bem no sexo não é preciso de muito.

Outro dado interessante é que 46% dos entrevistados afirmam que  produtos eróticos na cama ajudam bastante a aumentar a excitação.

Além dessas informações, o estudo buscou investigar quais seriam os “comportamentos não-sexuais” – comportamentos que não necessariamente estão ligados ao ato sexual – que mais agradam as pessoas na hora do sexo.

De acordo com as informações, cheirar bem é uma prioridade para 69% das pessoas. Seguido de “ser carinhoso” e “fazer se sentir valorizado”, em terceiro lugar. “O estudo mostrou que as afeições não físicas são as maiores vantagens para todos”, afirma Fred Patrenko, responsável pela pesquisa, ao site “The Sun”.

No geral, o estudo revela que saber o que falar na hora do sexo e saber como agir pode ser mais simples do que você imagina. Basta ser sincera, seguir seus instintos e não ter medo de dizer para o parceiro que está gostando do desempenho dele na cama.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.