Tamanho do texto

Marca lançando os produtos tem discurso feminista, mas, da última vez que uma marca lançou clareador para a região íntima, houve polêmica nas redes

Uma marca no Reino Unido lançou uma linha de produtos íntimos que, entre outras coisas, prometem clarear a região íntima e deixar a vagina com um aspecto mais firme , além de outros itens, como um gel para aliviar assaduras decorrentes de depilações e até lencinhos umedecidos.

Além de clareador e firmador vaginal, marca lançou produtos íntimos como gel
divulgação
Além de clareador e firmador vaginal, marca lançou produtos íntimos como gel "calmante" e lenços umedecidos


Sobre os produtos íntimo s, que irão à venda oficialmente no início de setembro, o gel que promete “levantar e firmar” a vagina supostamente contém “ginseng siberiano e aloe vera” e promete dar aos lábios vaginais uma aparência “menor e mais durinha”. De acordo com a marca, a WooWoo, esta seria uma alternativa a cirurgias, já que o gel estimularia as células da região a produzirem colágeno, gerando efeitos no longo prazo.

Já o clareador foi pensado para a região anal e contém vitamina C, manteiga de karité, aloe vera e “um drone cosmético único que atinge a melanina para que ela produza um tom de pele uniforme, reduzindo descolorações”.

Segundo a WooWoo, a intenção é estimular as mulheres a não temerem cuidar da região íntima e a “valorizar as próprias vaginas”. Os produtos custarão pouco menos de £ 10 cada um (aproximadamente R$ 52).

Polêmica com relação a produtos íntimos

Da última vez que uma marca tentou lançar produtos íntimos para alterar aparência da vagina, houve polêmica nas redes
shutterstock
Da última vez que uma marca tentou lançar produtos íntimos para alterar aparência da vagina, houve polêmica nas redes


Apesar de não se classificar como tal, a WooWoo adota um discurso feminista em seu site e redes sociais. Ao tabloide “Daily Mail”, a fundadora da empresa Lucy Anderson disse que “o objetivo é empoderar mulheres a terem mais confiança com seus corpos e se sentirem mais seguras em momentos de diversão, em vez de se sentirem envergonhadas por comprar produtos para ‘consertar um problema’”.

No entanto, da última vez que uma marca tentou lançar produtos do tipo, sugerindo o clareamento da região íntima, surgiu uma enorme polêmica nas redes sociais. A marca foi a The Perfect V, que foi duramente criticada.

Nas redes, as mulheres chamavam os produtos íntimos de machistas por estimularem as mulheres a pensar que há algo de errado com seus corpos, que suas  vaginas não são bonitas - e devem ser -, entre outras coisas. Como o anúncio do lançamento da WooWoo é recente, as mulheres ainda não se manifestaram sobre os cosméticos. Será que podemos esperar uma resposta semelhante?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.