Tamanho do texto

Para muitas mulheres, alguns comportamentos recorrentes em parte dos homens - como falta de comprometimento e omissão quanto a atitudes desagradáveis de amigos - está dando preguicinha de lidar com eles

Quem já passou por muitas desilusões amorosas na vida sabe como é difícil manter a fé e a disposição para encontrar um relacionamento que valha a pena, e não é preciso muito para que uma conversa entre mulheres chegue nesse tema. Seja pelo feminismo – que, para muitas, traz uma nova percepção da liberdade feminina –, seja por certos comportamentos que grande parte dos homens reproduz, uma coisa é fato: não é difícil encontrar mulheres que se cansaram de tentar arrumar namorado porque estão exaustas de lidar com (certos) homens.

Leia também: 5 coisas que parceiro algum pode exigir que você faça em um relacionamento

Cada vez mais as mulheres que estão tentando arrumar namorado - ou até apenas um 'contatinho' - se deparam com comportamentos para lá de desapontadores, que as fazem ficar com certa preguiça de lidar com homens em geral
Shutterstock
Cada vez mais as mulheres que estão tentando arrumar namorado - ou até apenas um 'contatinho' - se deparam com comportamentos para lá de desapontadores, que as fazem ficar com certa preguiça de lidar com homens em geral

Antes que exércitos de homens acendam suas tochas aos gritos de “nem todo homem”, é preciso, sim, reconhecer que essas características decepcionantes das quais as mulheres se cansaram não são algo universal para o gênero masculino – e nem exclusivo, já que mulheres também são capazes de desapontar. No entanto, dada a frequência com que tantas reclamam das mesmas situações quando estão tentando arrumar namorado ou apenas viver a solteirice ficando com quem dá vontade, é preciso falar sobre essa situação.

Pensando nessa discussão, o Delas conversou com algumas mulheres para saber quais são as atitudes que estão deixando boa parte delas desanimada quanto a relacionamentos com homens; confira doze desses fatores: 

Parece que eles raramente querem assumir compromissos

Você e o “boy” estão enrolados há meses, ele te apresentou para os pais e todas as atitudes que ele tem indicam que é seguro se envolver porque ele “está na mesma”. No entanto, mesmo nesse cenário, a menção de um compromisso faz com que ele aja como se tivesse visto um fantasma e diga coisas como “não estou preparado para um relacionamento”, “gosto muito da vida de solteiro” ou até o famoso “não é você, sou eu”. Ao mesmo tempo, porém, não parecem inclinados a terminar a relação existente (afinal, é conveniente).

Se você já se viu em uma situação assim, pode acreditar que não é a única, já que essa é uma das principais queixas entre as mulheres que buscam alguma estabilidade na vida amorosa. E também não parece haver restrição de idade, já que ouvem isso desde dos mais novos quanto dos mais velhos.

Ao mesmo tempo, acham que todas as mulheres SÓ querem arrumar namorado

Do mesmo jeito que muitos homens não estão a fim de se envolver romanticamente com ninguém (algo que não é problema desde que ele não aja como se quisesse e dê falsas esperanças às pessoas), muitas mulheres também não querem saber de arrumar namorado.

Às vezes, elas só querem ter por perto alguém com quem possam se divertir, mas, aparentemente, há muita dificuldade em fazer boa parte deles entender que chamar para sair mais de uma vez não significa promessa de casamento. “Eles sempre acham que estamos malucas para namorar. Às vezes, a gente só quer dar uns beijos na boca, transar e acabou”, comenta uma das moças ouvidas pelo Delas .

Não dizem o que pensam (e, às vezes, optam por simplesmente sumir)

Esse comportamento é tão comum que, em inglês, já existe até um termo para designá-lo: “ghosting” (que, em português, significa algo como “agir feito um fantasma”, ou, simplificando: “sumir”). Em vez de criar coragem e dizer que não querem continuar saindo com a pessoa, não é nada incomum encontrar homens que começam a evitá-la, deixam de responder mensagens e nunca mais dando o ar da graça – a menos que seja para visualizar um “story” ou curtir uma foto no Instagram, é claro.

Normalizam comportamentos machistas (especialmente vindos dos amigos)

Ele pode até não fazer piadas desrespeitosas, não agir como se mulheres fossem pedaços de carne e não ter muitas atitudes machistas em geral, mas, quando amigos ou conhecidos agem dessa forma, muitos deles não movem um dedo para corrigi-los.

Como em todos os outros comportamentos citados, há exceções, mas, se você já ouviu um “boy” dizer que “homens são assim mesmo” ou que  “isso é coisa de homem” após você se irritar com o comportamento machista de alguém, não está sozinha.

Fora os que adoram chamar feminismo de “mimimi”

Não é preciso ir muito longe na internet para encontrar comentários de homens dizendo que “hoje em dia não se pode fazer piada com nada”, “agora tudo é machismo” e coisas do gênero sobre assuntos relacionados aos direitos das mulheres. Longe da internet, a situação se repete e, para muitas mulheres, a frequência com que parte dos homens ironiza as queixas delas é algo capaz de afastá-las do objetivo de arranjar namorado.

Eles querem tempo só para eles, mas reclamam quando a mulher quer o mesmo

Para que um relacionamento seja saudável, as pessoas envolvidas precisam ter tempo para si e não devem se distanciar de amigos e familiares “em favor” da relação. Sendo assim, homens que querem ter tempo para se divertir sem que a parceira por perto não estão errados, o problema é quando eles não aceitam que elas façam a mesma coisa.

Algumas mulheres dizem ter conseguido conciliar isso na relação, mas que, no início, não foi algo fácil. “Ele achava meio estranho no começo porque ele não vê os amigos dele sempre como eu faço”, explica uma delas. Ainda que seja possível conversar sobre a questão, porém, a frequência desse comportamento tem acabado com a vontade de algumas mulheres de arrumar namorado.

Leia também: 20 tipos de homens com quem você não deve ter um relacionamento

Eles “se queimam” de cara em aplicativos de relacionamento

É claro que tem muito homem por aí disposto a conhecer pessoas independente das crenças e escolhas delas, mas alguns deles já deixam claro no perfil do Tinder ou outros apps de namoro que “não conversam com feministas”, “não conversam com religiosas” e até que “não conversam com mulheres que não se depilam”. Essa amostra de que o rapaz é “mente fechada” não é exatamente o que as mulheres esperam nem quando buscam um “contatinho”, nem quando estão tentando arrumar namorado.

Eles são indiferentes a causas que não falam sobre eles

Dificilmente uma pessoa que não sofre algum tipo de preconceito vai conseguir se expressar sobre ele tão bem quanto alguém que sofre, mas algo que desanima muitas mulheres quando elas tentam se relacionar com homens é o fato de que, além de eles muitas vezes não corrigirem os amigos machistas, parecem ter medo de se declarar contra a homofobia e ao racismo, por exemplo.

“O cara pode não ser homofóbico, mas não se sente à vontade para dizer que é contra qualquer tipo de homofobia”, afirma uma das mulheres ouvidas pelo Delas , que considera essa omissão – ou falta de vontade de deixar claro o próprio posicionamento – algo desanimador.

Eles agem de um jeito na hora da conquista e, depois, mudam completamente

Você já passou pela situação de conhecer um verdadeiro príncipe de contos de fada, gentil, que se importa com as suas opiniões e aparenta ser “desconstruidão”, mas, depois de algum tempo, a máscara caiu e você percebeu que aquilo era uma verdadeira cilada? Pois, novamente, você não está sozinha.

Não é difícil encontrar mulheres que já passaram pela situação de perceber que alguém com quem estavam envolvidas não era o que parecia e, para muitas, esse é um fator que pesa contra a vontade de arrumar namorado.

Eles fazem “mansplaining”

Você já ouviu falar em “mansplaining”? Esse termo é usado para designar aqueles momentos em que uma mulher não para de ser interrompida por homens enquanto está falando – normalmente porque eles acham que ela não sabe o que está falando ou não está explicando da forma correta.

Seja no trabalho ou até em família, não é raro encontrar mulheres que já passaram por situações em que homens agiram como se elas não tivessem conhecimento necessário para falar com propriedade sobre algo, e, para muitas, passar por isso em relacionamentos é algo que faz o tesão por homens dar uma esfriada. 

Eles já “chegam” do jeito errado

Quantas vezes você já se viu na situação de simplesmente ter seu braço agarrado enquanto dançava em uma festa ou, pior, foi abordada por alguém cuja boca chegou antes do resto do corpo, como se você fosse obrigada a ficar com essa pessoa simplesmente porque ela quer? Quem nunca passou por algo assim provavelmente conhece alguém que passou, e, além de ser uma forma de assédio – já que invalida a decisão da mulher sobre o próprio corpo –, desanima qualquer uma.

Leia também: 10 coisas pelas quais você não precisa se sentir culpada em uma relação sexual

Histórias alheias desapontam

Uma coisa é passar por uma desilusão amorosa em que o homem agiu de forma decepcionante ou ter alguns encontros ruins. Outra completamente diferente, é passar por tudo isso e ainda ver muitas das próprias amigas passarem por situações extremamente parecidas. Ver que esses comportamentos desapontadores não são algo isolado torna a missão de arrumar namorado mais exaustiva ainda, já que faz muitas mulheres perderem a paciência e começarem a rejeitar pretendentes ao menor sinal de que eles não são assim tão legais e gentis.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.