Tamanho do texto

Quer sair da rotina no sexo, mas não sabe como? Pois estamos aqui para te indicar 30 posições sexuais que vão ajudar a apimentar as coisas na cama

A paixão pode ter prazo de validade, mas isso não significa que você precisa se contentar com a rotina e deixar de curtir fazer sexo com seu parceiro. Uma forma de conseguir isso é participar do desafio dos 30 dias pensado por alguns casais pela internet. Trata-se de testar uma posição sexual diferente durante 30 dias, todos os dias.

Leia também: 6 coisas sobre sexo casual que você deve saber antes de virar adepta da prática

A quarta posição sexual do desafio dos 30 dias é a romântica
shutterstock
A quarta posição sexual do desafio dos 30 dias é a romântica "dança das borboletas"


Desde o início deste mês, o Delas vem propondo uma nova posição sexual por dia para você testar entre quatro paredes como uma forma segura e criativa de explorar o sexo (sempre com consentimento, é claro). A dica de hoje é de uma posição mais romântica, que envolve muito contato entre o parceiro e a parceira e facilita os beijos e as carícias:

Clique aqui para ver todas as posições listadas até agora

4º - “Dança das Borboletas”

A posição da
Renato Munhoz (Arte iG)
A posição da "dança das borboletas" promove mais afeto e carinho entre o casal


Nesta posição, a mulher senta no colo do parceiro, virada para ele, e envolve-o com suas pernas - ele faz o mesmo com ela. Abraçados, tanto ele quanto ela podem controlar o ritmo da penetração. Nesse momento, inclinar o corpo em ângulos diferentes pode ser divertido para provocar sensações distintas.

A pose também favorece movimentos do pompoarismo por parte da mulher, que consiste na contração dos músculos da vagina, principalmente se ela estiver controlando o ritmo da transa.

Como as mãos estarão livres, aproveite para passar os dedos de forma sensual nas costas do parceiro, beijar sua boca e seu pescoço, estimulando-o a fazer o mesmo. Ele também pode aproveitar para acariciar o clitóris ou mesmo o ânus da companheira com os dedos.

Para quem ela é boa?

A “dança das borboletas” é boa tanto para o homem quanto para a mulher. Por ser uma posição sexual em que ambos podem controlar a velocidade da penetração, você e o seu parceiro podem se revezar nessa tarefa para agradar um ao outro - e para ninguém ficar cansado demais.

Leia também: 8 dicas para fazer sexo em casa sem barulhos ou perrengues

Além disso, é uma posição extremamente romântica, que estimula o afeto e carinho entre a mulher e seu companheiro. Não só porque ficam com os corpos entrelaçados, mas porque, além dos beijos, os parceiros podem se observar nesse momento, olhando nos olhos um do outro para aumentar a conexão.

Estímulo extra

Para conseguir ainda mais prazer, nem sempre é preciso apelar para brinquedos eróticos. Além de seu parceiro poder usar as mãos para acariciar outras partes do corpo, para quem gosta de um fetiche, puxões leves de cabelo e falar sacanagens durante o ato pode ser muito sexy, principalmente porque você e seu parceiro estarão encarando o rosto um do outro.

Mas, é claro, principalmente no caso dos puxões de cabelo, vale combinar esse tipo de coisa com antecedência e tomar cuidar cuidado para não acabar machucando.

Os brinquedos não deixam de ser uma opção. A proximidade dos corpos favorece o uso de muitos deles, como o anel peniano. Ele serve para amplificar o prazer do homem e da mulher ao mesmo tempo. Seu uso mais comum é colocá-lo em torno do pênis (o que limita um pouco o fluxo sanguíneo da região e faz com que ele demore mais para “chegar lá”), posicionando a parte do anel que tem um vibrador na parte superior da base. Dessa maneira, conforme vai rolando a penetração e a movimentação dos corpos de ambos, o clitóris recebe o estímulo da vibração.

Leia também: Dez perguntas respondidas sobre o sexo no casamento

Ficou alguma dúvida a respeito desta posição sexual ? Quer saber algo específico sobre sexo e sexualidade? Então entre em contato conosco pelo sexo@igcorp.com.br  e nós trazemos um especialista para respondê-la com sigilo total!

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas