Tamanho do texto

Apesar de a melhor forma de terminar com uma pessoa seja fazendo isso de maneira objetiva, muita gente foge da conversa e usa outras "técnicas". Com algumas dicas, porém, é possível tornar o momento menos traumático

De acordo com a ciência (e provavelmente com quase todos os conselhos que você já recebeu a respeito do assunto),  a melhor forma de terminar um relacionamento é abordar o assunto de forma direta, sem joguinhos, rodeios ou metáforas. No entanto, quem já passou pela experiência de ter uma conversa tão dura com alguém que foi – ou ainda é – muito importante sabe que, na prática, as coisas podem não funcionar tão bem como o planejado.  

Terminar um relacionamento raramente é algo simples, fazendo com que muita gente opte por
Reprodução
Terminar um relacionamento raramente é algo simples, fazendo com que muita gente opte por "técnicas" nada legais

Em um fórum do Reddit voltado apenas para mulheres, uma usuária levantou a questão: “Qual foi a pior forma que vocês encontraram para terminar um relacionamento ?”. Confira os relatos de cinco mulheres sobre o assunto: 

“Eu simplesmente mudei meu status nas redes sociais. Ele não encarou de forma positiva, mas não acho que ele merecesse coisa melhor. Alguns dias antes, eu descobri que ele tinha um relacionamento com uma colega de trabalho. Eles passavam feriados juntos e ele agia como uma figura paterna para o filho dela”.

“Ainda me odeio um pouco por isso, eu tive um colapso quando ele estava em casa uma noite, do nada. Nós estávamos saindo há algumas semanas e ele já estava falando em casamento, então eu provavelmente só fiquei assustada. Disse a ele que precisava de um tempo e ele ficou muito chocado e confuso. Sumi por uma semana, aí me encontrei com ele e disse que estava tudo acabado. Não foi meu melhor momento”.

“Eu chamei uma pessoa da minha família para me ajudar a tirar minhas coisas de casa enquanto ele estava bêbado e desmaiado. Ele era alcoólatra e estava me ameaçando. Na cabeça dele, foi a pior coisa do mundo, porque ele acordou e não havia nem sinal de mim. Infelizmente, voltei com ele após alguns meses antes de realizar que nada ia mudar. Então terminei com ele novamente”.

Leia também: Confira sete sinais de que você ainda não superou um relacionamento antigo

“Terminei por mensagem de texto. Eu nunca quis ser essa pessoa, mas ele era tão confuso e inconsistente que eu tive de fazer isso”.

“Por mensagem. Era uma relação à distância, eu estava tentando terminar com ele pelo telefone, mas ele ficava me interrompendo e se recusou a me escutar ou a me deixar falar. Então eu mandei a mensagem de término mais legal possível. Disse que sabia que ele não era o homem da minha vida, falei sobre como ele influenciou positivamente minha vida, mas que eu tinha de confiar nos meus instintos (eu estava ficando louca) e que sentia muito.

Ele me respondeu com uma mensagem carinhosa. Começava com ‘vá’ e terminava com ‘se f****’. Sempre bom com as palavras, aquele homem”. 

Firmeza na decisão e muita compaixão

Ainda que em alguns casos é impossível refrear a vontade de terminar a relação de maneira insensível (como quando a situação envolve infidelidade ou problemas mais sérios). No entanto, se a sua intenção  é terminar numa boa, com o mínimo de ressentimentos e se preocupa com o parceiro ou parceira que está em vias de se tornar um ex, o especialista em mediação de conflitos Renato Zurlini tem algumas dicas que podem ajudar:

Planeje

Segundo Zurlini, deixar para decidir o que vai falar só quando estiver frente a frente com a pessoa não é a melhor das ideias. O especialista afirma que o mais indicado é organizar mentalmente os fatos que quer expor e os argumentos que vai usar na conversa antes de ela acontecer para ter mais domínio da situação e não deixá-la fugir do controle.

Adote a objetividade

Por mais doloroso que seja dizer que não queremos mais estar com aquela pessoa e, de certa forma, “rejeitá-la”, o especialista reforça a conclusão da ciência de que a melhor forma de terminar a relação é mesmo fazendo-o da maneira mais direta possível. “Seja franco e objetivo, o melhor é falar a verdade”, afirma ele.

Não deixe a pessoa “no escuro”

Quando levam uma “bota”, é comum que as pessoas fiquem horas a fio questionando a si mesmas sobre o que podem ter feito de errado para que o término acontecesse. Sendo assim, uma das piores coisas que podem ser feitas na hora de terminar o relacionamento é falhar em dizer ao parceiro ou parceira quais motivos te levaram a tomar essa decisão. Argumente e mostre seu ponto de vista de maneira clara e objetiva para que não restem dúvidas.

Leia também: Conheça os dez tipos de solteiros que você pode encontrar por aí

Prepare-se para possíveis conflitos

O término de um relacionamento é uma situação que mexe muito com o emocional e, sendo assim, há chances de surgir uma discussão acalorada. De acordo com Zurlini, é bem importante ter isso em mente antes mesmo de a conversa acontecer e buscar manter a calma mesmo se as coisas começarem a fugir do controle. Segundo o especialista, também é bastante essencial manter o foco e a firmeza na decisão para não deixar que a situação tensa a influencie de alguma forma.

    Leia tudo sobre: Amor
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.