Tamanho do texto

Giovanna Ewbank respondeu perguntas sobre o casamento em Bruno Gagliasso em seu canal, e algumas delas podem ajudar muito casal por aí

Giovanna Ewbank costuma ser bem sincera nos vídeos publicados em seu canal no YouTube. Na produção que foi ao ar essa semana, na terça-feira (6), a atriz e apresentadora responde dúvidas dos seguidores sobre seu relacionamento com Bruno Gagliasso.  Ao abrir a intimidade com o marido, ela fala algumas coisas que podem servir de lições e até acabar com encanações de muitos casais por aí. 

Leia também: 5 atitudes para acabar com o tédio no relacionamento

Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso em momento romântico nas redes sociais
Reprodução/Instagram/@gio_ewbank
Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso em momento romântico nas redes sociais


Separamos 4 momentos citados da vida de Giovanna Ewbank que podem te ajudar. Confira: 

1. Sexo diminui com o tempo

É praticamente inevitável que a frequência das relações sexuais mude com o passar do tempo e o avançar do relacionamento, e com Gio Ewbank e Bruno não foi diferente. "Vou fazer nove anos de relacionamento agora em março, é coisa pra caramba. Nos primeiros três anos você está mais ativa. Mas está tudo certo também. Diminuiu, mas é com qualidade", disse a apresentadora, assumindo que hoje em dia faz menos sexo do que no começo do relacionamento. 

E aí temos a primeira lição: não há problema nenhum nisso. Um fator que conta, como ressalta a própria Giovanna, é a qualidade. Cuidando para que o sexo esteja bom para os dois lados, não há mal nenhum na queda da frequência. 

Em uma reportagem publicada no Delas, a sexóloga Carla Cecarello falou sobre o tema, também defendendo o ponto da qualidade sobre a quantidade. "Algumas pessoas praticam sexo uma vez por mês com muita qualidade e se sentem completamente satisfeitas. Outras fazem todos os dias, mas é como se fosse uma academia de ginástica, aquela obrigação que precisa ser cumprida, sem qualidade alguma. A frequência é determinada por cada casal e ela pode variar de acordo com o momento de vida", disse. Veja essa e outras dúvidas sobre sexo no casamento respondidas

Se a frequência do sexo for um problema para vocês, também há uma série de dicas para apimentar a relação e tentar mudar isso. É possível inovar nas posições sexuais  e descobrir o prazer além do "papai e mamãe", incluir algumas brincaderias e jogos eróticos no relacionamento  ou também apostar em um vibrador ou outro sex toy na cama. 

2. Separação pode fazer bem

Neste período de casamento, Giovanna e Bruno já passaram por uma separação, depois de uma traição do ator, em 2012. Eles ficaram dois meses separados e decidiram reatar. Tomar a decisão de continuar ou não o relacionamento, ainda mais depois de uma traição, não é fácil e isso também é algo pessoal. Mas a apresentadora mostra que é possível, sim, perdoar e recomeçar e tirar proveito disso. 

Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso já estão há nove anos juntos
Reprodução/Instagram/@gio_ewbank
Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso já estão há nove anos juntos

Perguntada sobre um momento ruim no relacionamento, a apresentadora citou a separação. Depois, ao responder quando percebeu que Bruno era o homem de sua vida, ela, de novo, fez referência a esse período que passaram afastados.

"Eu sempre achei [que fosse o grande amor da minha vida], mas quando tive a certeza absoluta, o 'não vivo sem ele', foi quando a gente se separou. Eu senti muita falta de falar com ele, da gente rir, de falar besteira, de fazer um brigadeiro de madrugada e ir dormir falando que amanhã a gente vai correr na Lagoa porque a gente comeu esse brigadeiro", detalha Gio. "São coisas pequenas, que no dia a dia você acaba não prestando muita atenção, mas que quando você não está com a pessoa você acaba sentindo muita falta", completa. 

Para os dois, como diz Giovanna, o período afastado acabou ajudando a dar valor a coisas simples e talvez mostrar que, sim, eles deveriam ficar juntos de novo. Às vezes, a separação pode acabar unindo mais o casal. 

3. Fale as coisas "na lata"

Especialistas e sexólogos sempre defendem que o diáologo é um ótimo caminho para manter o relacionamento saudável, e Giovanna Ewbank segue essa linha. No vídeo ela fala que, se Bruno diz ou faz alguma coisa que ela não gosta, ela logo fala que ficou incomodada ou satisfeita. Se eles estiverem em um lugar público, por exemplo, a atriz diz que se segura, mas depois não abre mão da conversa. 

Lição anotada! Ficar remoendo mágoas e coisas que não te deixa satisfeita só faz mal para o casal e para você. E isso nos leva ao próximo item...

4. Não guarde mágoas ou fique com raiva

Giovanna também confessa que já ficou com raiva de Bruno por um tempinho, mesmo depois de terem conversado e feito as pazes, mas não mais que uma semana. "Às vezes fica aquele negocinho de 'resolvemos, mas ainda estou com aquele odiozinho'. Mas acho que em três dias já passa porque eu já quero falar assuntos novos, já tem mais coisa para a gente trocar", comenta. 

A dica aqui une um pouco dos doos últimos itens. Vale, sim, conversar e resolver os problemas, e não é bom guardar mágoa ou raiva por muito tempo. O ideal é tentar resolver e, depois, partir para os assuntos novos, como diz Giovanna Ewbank. 

    Leia tudo sobre: amor
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.