Tamanho do texto

Antes de falecer, Phedre fez um pedido ao marido Nigel. Quase quatro anos depois, ele descobriu que o pedido fazia parte de uma brincadeira

Perder alguém é sempre muito triste, principalmente quando é a pessoa com quem nos relacionamos e compartilhamos a maior parte de nossas vidas. Porém, apesar da dor em perder a esposa Phedre para o câncer em 2013, o sul-africano Nigel recebeu uma surpresa póstuma da amada: uma pegadinha que levou anos para ser descoberta. A história foi compartilhada pela filha do casal , Antonia Nicol, no Twitter e prontamente viralizou, somando mais de 40,8 mil compartilhamentos e mais de 135 mil curtidas.

Leia também: Casal com história de amor emocionante viraliza após fazer ensaio incrível

Antes de falecer, Phedre pediu que Nigel continuasse a regar as plantas do banheiro, mas era tudo uma pegadinha
Reprodução/Twitter @Flaminhaystack
Antes de falecer, Phedre pediu que Nigel continuasse a regar as plantas do banheiro, mas era tudo uma pegadinha


"Consigo ouvir minha mãe gargalhando"

Conforme conta Antonia ao portal britânico "Mirror", tudo começou em há pouco mais de três anos, quando Phedre, aos 69 anos, passou as últimas semanas de vida internada lutando contra um câncer. Antes de partir, porém, a mulher deixou instruções bem específicas ao marido sobre o que fazer com as plantas que o casal mantinha no banheiro, e é aí que entra a pegadinha .

Leia também: Criatividade, homem faz namorada usar anel de noivado por um ano sem saber





"Antes da minha mãe falecer, ela deu instruções rigorosas para que ele regasse as plantas do banheiro. Ele vem religiosamente colocando água nelas e mantendo-as vivas. Elas são bonitas, então ele decidiu leva-las para sua nova casa, mas descobriu que elas são de plástico! Consigo ouvir minha mãe gargalhando”, afirma Antonia no Twitter. Após a repercussão, Antonia ainda postou uma foto do pai colocando água nas plantas de plástico:





“Meu pai amou que essa história está aqui, então ele reencenou o ato de regar as plantas”, comenta a mulher.

Segundo Antonia, o vaso e o conteúdo dele eram próprios para plantas reais, mas ela acredita que a mãe tenha as substituído por pelas falsas sem que ninguém soubesse. Além disso, a mulher conta também que os dois sempre foram “piadistas”. “Uma vez, minha filha mandou a eles um desenho do ‘vovô danado’ pulando na cama enquanto a vovó estava chocada. Eles recriaram a imagem e mandaram uma foto para ela como resposta”, relata.

Leia também: Mulher acha família biológica e se casa 6 dias após descobrir câncer de mama

De acordo com Antonia, os pais sempre foram
Reprodução/Twitter @Flaminhaystack
De acordo com Antonia, os pais sempre foram "palhaços" e adoravam fazer brincadeiras com a família

Quanto à repercussão que a pegadinha da mãe teve na internet, Antonia afirma que os comentários têm feito muito bem ao pai, que está em uma casa de repouso. “O que tem sido lindo são as respostas de pessoas relembrando os entes queridos que já se foram, ou pessoas que querem ter o mesmo relacionamento que meus pais tiveram. Ver o quanto isso fez as pessoas felizes trouxe lágrimas aos olhos do meu pai. Relembrar minha mãe de uma forma tão positiva como essa significa muito para nós”, declara.

    Leia tudo sobre: Amor
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.