Tamanho do texto

Durante alguns dias do ciclo, certas posições ou toques podem ser mais estimulantes ou mais desconfortáveis para a mulher; veja os detalhes

Mesmo que fazer sexo menstruada ainda seja considerado um tabu, manter relações durante esses dias não faz mal. Mas é importante saber que, durante o ciclo menstrual, as sensações causadas pelo sexo podem mudar com o passar dos dias. Dessa forma, algo que fez você se sentir bem no início do período pode causar certo desconforto depois. 

Leia também: Fazer sexo na menstruação pode aumentar prazer feminino e até aliviar cólicas

Alguns fatores relacionados ao ciclo menstrual podem afetar como a mulher sente prazer durante o sexo
shutterstock
Alguns fatores relacionados ao ciclo menstrual podem afetar como a mulher sente prazer durante o sexo


Essas mudanças são reais e ocorrem em resposta aos hormônios reprodutivos do seu corpo, mas raramente são percebidas até que se comece a prestar atenção. Para explicar de que maneira o ciclo menstrual pode afetar o corpo da mulher e a resposta dela a estímulos sexuais, o aplicativo "Clue" listou alguns pontos importantes. Veja os detalhes do estudo: 

1. Posição do colo do útero e a penetração

Por ser a parte mais baixa do útero e também a passagem que liga a vagina à cavidade uterina, a posição do colo do útero, ou da  cérvix,  no abdômen pode influenciar a forma como você sente prazer em determinadas posições sexuais.

Na maioria dos dias, a  cérvix provavelmente estará posicionada pouco abaixo do abdômen, mas a medida que inicia o período de ovulação, o colo pode aumentar. Devido a essas mudanças, algumas pessoas podem achar que as posições que permitem entradas mais profundas podem ser mais confortáveis — por exemplo, posições de quatro, com o parceiro atrás de você.

De acordo com os pesquisadores, é mais provável que esse tipo de posição seja desconfortável apenas quando o colo do útero é baixo. Já outras pessoas conseguem ter prazer com estimulação do cérvix, pois essa parte do corpo contém vias nervosas que respondem aos impulsos sexuais.

É importante ter em mente que o formato da vagina também pode mudar em relação à excitação — a vagina geralmente se torna mais longa e mais larga quando você está excitada. 

Leia também: 4 posições sexuais para aproveitar durante a menstruação

2. Lubrificação

Quando você está excitada, o fluxo sanguíneo aumenta e a vagina produz sua própria lubrificação. Além disso, é possível notar que a vagina fica mais lubrificada nos dias que antecedem e durante a ovulação, quando o estrogênio está mais alto. Nesse caso, o uso de lubrificantes só é indicado caso seja necessário. 

A pesquisa ainda indica que em algumas mulheres, inclusive, esse fluído pode aumentar cerca de 10 vezes mais nesse tempo. Por isso, o sexo durante a menstruação possui bastante lubrificante natural.

Uma dica é: esse pode ser um momento ótimo para fazer sexo no chuveiro, quando não é preciso reaplicar o lubrificante, e pode ser uma posição confortável, porque a água quente estimula outras partes do corpo.

3. Seios

Muitas mulheres sentem os seios de forma diferente em algum momento do ciclo. Algumas pesquisas mostraram que tanto as mamas quanto os mamilos podem ficar mais sensíveis ao toque durante o período fértil. Após a ovulação, entretanto, os seios geralmente ficam mais cheios e podem até ficar doloridos. 

Algumas pessoas observam estas mudanças logo após a ovulação, geralmente 10 ou 11 dias antes do início da menstruação, já outras sentem apenas alguns dias antes. Isso pode significar que existem alguns momentos específicos que seja mais confortável, e prestar atenção às mudanças pode ajudar a saber se e quando você prefere diferentes tipos de toque e se qualquer mudança na sensibilidade pode elevar o prazer nas relações sexuais.

4. Clitóris

Existem também algumas pesquisas feitas anteriormente que sugerem que o tamanho do clitóris pode mudar ao longo do ciclo. Um outro estudo descobriu que o tamanho do clitóris aumentou nos dias prévios à ovulação, mas que durante e após diminuiu novamente ao tamanho habitual. 

5. Excitação

Seu desejo sexual é influenciado por alguns hormônios, como estrogênio e progesterona, que flutuam pelo corpo durante seu ciclo. Em geral, esse desejo das mulheres tende a aumentar nos dias que antecedem a ovulação e diminui logo após a ovulação acabar. Durante esse período, algumas pessoas relatam que costumam se masturbar mais, consumindo mais produtos eróticos, desde filmes até brinquedos sexuais, e também contam sobre ter fantasias sexuais mais intensas e excitantes.

Algumas mulheres podem até experimentar mais satisfação durante o orgasmo nesse tempo e, no geral, ficam mais excitadas quando têm relações sexuais. O estudo mostrou que o tipo de sexo que as pessoas preferem também pode variar. As mulheres heterossexuais relatam que durante a ovulação preferem penetração ao sexo oral e também afirmam que possuem um maior desejo sexual durante a menstruação. 

Leia também: 12 mulheres contam como é a experiência de fazer sexo menstruada 

6. Dores por prazer

A fase de ciclo também pode ter influência na percepção de dor em um determinado dia, afetando a tolerância. Dores crônicas tendem a piorar no início e no fim de cada ciclo e o limite de dor tolerável é mais alto quando o estrogênio é alto, no meio do ciclo.

Alguns estudos sugerem que a dor induzida funciona do mesmo modo que a dor crônica e, por isso, a sensibilidade pode aumentar quando a mulher está menstruada. Fique atenta durante o ciclo menstrual para saber quando é mais confortável para você ter relações sexuais. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.