Tamanho do texto

Carta? Mensagem no whatsapp? Telefonema? Metáforas? Segundo um estudo recente, o melhor é ouvir o conselho que sempre dão e ser direto

Se você já passou pelo término de um relacionamento sabe que a situação pode ser bastante sofrida tanto para quem está sendo “dispensado” quanto para a pessoa que tomou a decisão de terminar a relação. Nesse momento, parece que não há nada que se possa fazer para tornar o momento menos desagradável para ambas as partes, mas, de acordo com a ciência, existe uma maneira mais adequada de colocar um ponto final no relacionamento.

Leia também: Por que é difícil esquecer um amor? Veja 15 dicas para tornar isso mais fácil

Na maioria das vezes, terminar uma relação é difícil, mas, segundo um estudo, há uma forma
Shutterstock
Na maioria das vezes, terminar uma relação é difícil, mas, segundo um estudo, há uma forma "correta" de fazê-lo

No momento de terminar o relacionamento, muitas das pessoas que decidem tomar a decisão se veem nervosas e tentam suavizar o assunto ao máximo, fazendo com que a questão não fique muito clara para a outra pessoa. De acordo com o bom senso um estudo recente coordenado por pesquisadores da Brigham Young University e da University of South Alabama, a melhor forma de abordar o assunto é de maneira direta.

Leia também: Conheça 20 tipos de homens com quem você não deve ter um relacionamento

Detalhes do estudo

Os pesquisadores que coordenaram o estudo em questão apresentaram diversos tipos de notícias ruins a 145 pessoas e pediram a elas que indicassem qual era o aspecto da mensagem que eles mais valorizaram. De acordo com os resultados, aqueles conselhos que seus amigos, parentes e até terapeutas te deram - “o melhor é ser direto e falar a verdade!” - é a melhor opção. As pessoas, em geral, apreciam mais características como clareza e o quão direta a mensagem é do que questões como consideração e sensatez.

Leia também: Especialista dá cinco dicas de como acabar com o tédio em uma relação

Certo, então o melhor é encontrar a pessoa e recebê-la com um “quero terminar”, sem nem introduzir o assunto? Não exatamente. Quando as situações apresentadas para as pessoas abordavam relacionamentos , os resultados mostraram que uma “enroladinha” antes de puxar o band aid vai bem. “Tudo o que você precisa é de um ‘precisamos conversar’, apenas alguns segundos para que a outra pessoa possa processar que notícias ruins estão a caminho”, afirma Alan Manning, professor da Brigham Young University, ressaltando que essa é a forma mais confortável de o psicológico receber as notícias. Só não vai dizer que precisa conversar com a pessoa horas antes de a conversa acontecer, isso é para matar qualquer um de ansiedade!

    Leia tudo sobre: Amor