Tamanho do texto

Quase 20% dos homens europeus não consideram sexo vaginal uma traição

Apesar de a traição ser um conceito que grande parte das pessoas considera errado, definir exatamente o que é ser infiel não é tão simples. Um estudo recente sobre o que é traição afirmou que cerca de 15% das mulheres europeias e quase 20% dos homens europeus pensam que o sexo vaginal com alguém que não é seu parceiro não é trair .

Leia também: Descubra que é a pessoa com quem 62% das mulheres já desejou ser infiel

Pesquisa revelou o que homens e mulheres consideram traição
shutterstock
Pesquisa revelou o que homens e mulheres consideram traição

Cerca do mesmo número de pessoas pensa que sexo anal e oral também não causam problemas, com quase 25% das pessoas dizendo que o sexo anal não é traição . O beijo também foi citado e um a cada três homens acha que é absolutamente normal beijar alguém que não é sua parceira.

Esses resultados foram divulgados pela "Superdrug’s Online Doctor", que entrevistou mais de 2 mil pessoas para saber o que eles realmente acham que é ser infiel. A pesquisa mostrou que as mulheres são mais rígidas na hora de determinar o que é infidelidade , com maior porcentagem em todos os itens analisados.

Leia também: Pesquisa revela as principais justificativas que as pessoas dão para infidelidade

Sobre masturbar outra pessoa, 72% das mulheres consideraram um adultério e 62% dos homens disseram o mesmo. Além disso, se aproximar emocionalmente também foi considerado como um ato de infidelidade por boa parte dos entrevistados. 46% das mulheres afirmaram que se incomodariam com o ato. Quando se trata dos homens, apenas 32% considerariam a parceira infiel por esse motivo.

Leia também: Pessoas que frequentaram uma universidade são mais propensas a trair

Pesquisa nos Estados Unidos

O mesmo estudo foi feito nos Estados Unidos e mostrou que os estadunidenses são mais rígidos na hora de determinar o que é considerado uma infidelidade. Para 99% das mulheres, o sexo vaginal é adultério e 97% dos homens disseram o mesmo. Tratando-se de sexo anal e oral, mais de 90% de pessoas dos dois gêneros consideraram o ato como infidelidade.

Até uma saída como amigo é considerada traição por parte de 43% das mulheres norte-americanas. Quando perguntado aos homens, apenas 29% deles concordaram. Sobre envolvimento emocional, 70% das mulheres e quase 53% dos homens considerou o ato como adultério.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.