Tamanho do texto

Apesar de ter função terapêutica, a massagem também pode ser utilizada para estabelecer uma troca de energia e amorosidade entre os parceiros

Apesar de não beneficiarem apenas a vida sexual, as práticas do tantra aguçam a curiosidade tanto de homens quanto de mulheres justamente pelos relatos de pessoas adeptas que afirmam ter orgasmos estratosféricos. A massagem tântrica, por exemplo, serve justamente para despertar áreas erógenas desconhecidas pelo corpo e, durante as sessões, muitas pessoas descobrem ter capacidades inusitadas, como a de ter um squirt .

Além de ajudar na cura de traumas, a massagem tântrica também pode ser específica para casais
Shutterstock
Além de ajudar na cura de traumas, a massagem tântrica também pode ser específica para casais

De acordo com o terapeuta corporal *Daniel Carletti, as pessoas que aplicam a massagem escolhem quais técnicas serão utilizadas dependendo da necessidade de cada um em particular. Segundo ele, a massagem tântrica também pode ser feita em casais e a prática é parte do chamado ritual tântrico. Nesse caso, a parte terapêutica da massagem (que ajuda a curar traumas e superar barreiras na questão do sexo) é deixada de lado.

Assim como em todas as outras técnicas, o ritual tântrico tem como objetivo despertar e liberar a energia sexual da pessoa, chamada de kundalini. Segundo o terapeuta, esta energia fica armazenada em um dos sete chakras do corpo, mais especificamente no períneo (região entre o ânus e a vagina ou o pênis), e a estimulação dele faz com que ela percorra os outros chakras.

No ritual tântrico, essa estimulação se dá por meio de uma combinação de técnicas que inclui toques leves e sutis, técnicas de respiração e movimentos mais profundos feitos inclusive nas áreas genitais dos pacientes. De acordo com Daniel, enquanto a massagem tântrica em si é algo mais técnico e terapêutico, o ritual busca uma expansão da amorosidade, assim como uma troca de energia entre quem faz e quem recebe a massagem.

Apesar de não ser algo obrigatório, homens normalmente recebem a massagem de mulheres, e mulheres, de homens. No caso do ritual, ainda há um algo a mais: como estão em casal, os parceiros ajudam os terapeutas a realizarem a massagem. “O ritual tântrico é algo mais integrativo, mais para casais. O terapeuta conduz o casal para que um faça no outro”, explica Daniel. Confira detalhes da prática no vídeo abaixo:




Leia também: Tantra melhora o sexo e alivia traumas: “É como perder a virgindade”

Função terapêutica

Apesar de o ritual tântrico não focar na resolução de problemas, a massagem tem esse poder. Segundo Daniel, muitas mulheres procuram esse tipo de prática para superar traumas que geram algum tipo de bloqueio emocional com relação ao sexo. Esse tipo de situação faz com que algumas pessoas desenvolvam condições como anorgasmia  e vaginismo , que prejudicam o prazer durante a relação sexual e até impedem o ato em si.

Além de ajudar as pessoas a superarem bloqueios como esses, a massagem tântrica potencializa o prazer tanto de homens quanto de mulheres; segundo Daniel, é comum ver mulheres que têm orgasmos apenas com estimulação clitoriana desenvolverem a capacidade de ter orgasmos vaginais. * Daniel Carletti atende no Tantra Lotus. Para mais detalhes, acesse: www.tantralotus.com.br.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.