Tamanho do texto

De acordo com a pesquisa, pessoas divorciadas são as que costumam ficar mais tempo "na seca" e são seguidas diretamente pelos solteiros

De acordo com alguns especialistas, ficar algum tempo sem fazer sexo  ou distante do parceiro – seja de forma deliberada ou por necessidade – pode fazer bem para a relação do casal. Por outro lado, são muitos os estudos que estabelecem uma relação entre ter a vida sexual ativa e os níveis de bem-estar e felicidade das pessoas. Mas, afinal, quanto tempo as pessoas costumam ficar sem sexo ? Segundo uma pesquisa recente, o que é considerado um grande intervalo na vida sexual é diferente para solteiros, pessoas casadas e divorciadas, além de desencadear reações diferentes em homens e mulheres.

Segundo a pesquisa, divorciados são os que costumam ficar mais tempo sem fazer sexo, seguidas pelos solteiros
Shutterstock
Segundo a pesquisa, divorciados são os que costumam ficar mais tempo sem fazer sexo, seguidas pelos solteiros

A pesquisa em questão foi patrocinada pela Superdrug, rede britânica de cosméticos, e consultou 1,5 mil europeus e americanos para saber o quanto pode durar uma “seca”. Para descobrir isso, os participantes foram divididos entre as categorias “solteiros”, “casados”, “comprometidos” e questionadas a respeito de quanto duraram os períodos mais longos em que ficaram sem fazer sexo .

Leia também: Efeitos bons do sexo podem durar por dois dias e mantêm a relação firme

De acordo com os dados levantados pela pesquisa, o grupo que passa mais tempo sem transar é o de pessoas divorciadas; em média, elas passam três anos com a vida sexual suspensa. Logo em seguida vem o grupo dos solteiros, que ficam em média dois meses sem sexo. Enquanto isso, quando as pessoas comprometidas ou casadas têm um intervalo nas atividades sexuais, costumam ficar em média uma semana “na seca”.

Mudanças de atitude

O intervalo de tempo sem sexo mais longo encontrado entre pessoas divorciadas foi de 25 anos, enquanto uma das pessoas solteiras entrevistadas pela pesquisa foi de 27 anos. De acordo com os dados, algumas pessoas chegam a mudar atitudes e ignorar alguns princípios quando ficam tanto tempo assim sem transar; 47% dos homens entrevistados afirmam que ficariam com pessoas pelas quais não se sentem tão atraídos apenas para sair da seca, enquanto 27% deles confessam que arriscariam tentar contato com uma ex-namorada.

Leia também: Pesquisa revela as principais justificativas que as pessoas dão para uma traição

A pesquisa também levantou dados a respeito do que as pessoas tentam fazer para conseguir lidar com a falta de atividade na vida sexual . Para os homens, na falta de oportunidades para fazer sexo, a masturbação, a prática de exercícios físicos e dormir são as opções favoritas. Para as mulheres, se masturbar, dormir e fazer exercícios entram na lista, mas elas também optam por lidar com a falta de sexo assistindo televisão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.