Tamanho do texto

Jessica e Steve se conheceram no app e já estão pensando em casamento

Um erro do Tinder resultou em uma grande história de amor. Mesmo colocando limite de distância para encontrar pessoa no aplicativo, Jessica, que mora no País de Gales, e Steve, que mora na Austrália, gostaram um do outro e deram match . Foi quando Jessica descobriu que havia ocorrido um erro e, na verdade, ela tinha se interessado por um homem que morava em outro continente.

Leia também: O amor e suas diversas formas

Falha no Tinder resulta em match de casal improvável
Reprodução/Facebook/Jess Maverick
Falha no Tinder resulta em match de casal improvável

Mas o erro foi a melhor coisa que poderia acontecer com eles e a história ganhou as páginas do tabloide britânico "The Sun". Após muitas mensagens e ligações pelo Skype, Jessica e Steve se apaixonaram. "Algumas pessoas podem chamar isso de ‘falha do Tinder ’ mas eu chamo de destino", afirma Jessica. “Eu e Steve nunca teríamos nos conhecido se não tivéssemos dado match acidentalmente no aplicativo. Isso tinha que acontecer.”

O começo da relação

 Os dois estavam solteiros há seis meses quando se conheceram. "Fiquei atraída pelos olhos castanhos escuros dele imediatamente e deslizei o dedo para a direita”, conta Jessica. "Foi só depois que demos match que eu olhei seu perfil e vi que ele realmente vivia a mais de 17 mil km de distância.”

Então Jessica percebeu que havia ocorrido uma falha no aplicativo , pois os dois estavam em locais com nomes parecidos - só que a Jessica estava no País de Gales e o Steve estava em Nova Gales do Sul. “Eu mandei uma mensagem falando da distância e o Steve ainda não tinha notado. Fizemos piada sobre isso e continuamos conversando."

Leia também: Paixão ativa as mesmas células cerebrais que drogas ilegais, diz estudo

Não demorou muito para que os dois passassem a conversar diariamente. Depois de 11 dias, os dois concordaram que a relação deles estava crescendo e que estava na hora de ter um primeiro encontro, via Skype. “Eu bebi vinho enquanto nós conversávamos. Foi como em um encontro fora da Internet ”, conta Jessica. “Nós dois admitimos que nos amávamos. Eu nunca tinha me sentido assim e sabia que tínhamos que nos encontrar pessoalmente."

Primeiro encontro

Em março, dois meses depois do match, eles decidiram que era o momento de eles se encontrarem pessoalmente. O lugar escolhido foi Dubai, na índia, que fica no meio do caminho entre a Austrália e o Reino Unido. Jessica confessa que ficou nervosa com a ideia de ir até outro país para conhecer um estranho, mas fala que quando viu Steve, o abraçou por vários minutos. Depois, eles foram até o quarto do hotel que estavam hospedados, onde deram o primeiro beijo.

“A química era elétrica e na noite seguinte ficamos juntos pela primeira vez. Passamos a maior parte do feriado no quarto do hotel”, conta Jessica.

Leia também: Mulher garante que se casou com estação de trem e que faz sexo com o edifício

Em seu último dia, depois de uma semana juntos, o casal ainda fez tatuagens combinadas, cada um com  uma metade de um símbolo de mandala. Jessica explica: “Isso simboliza o fato de sermos pessoas diferentes, mas juntos estamos completos”.

Na hora de se despedir de seu amado que conheceu no Tinder, Jessica disse que chorou muito e que já estava planejando vê-lo novamente. “Nós conversamos sobre nos mudar para ficar juntos e sobre casamento no futuro".

    Leia tudo sobre: Amor aplicativo
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.