Tamanho do texto

Casal escreveu livro alertando que o sexo pornógrafo prejudicou o sexo real

Hoje em dia, o acesso a conteúdos pornográficos cresceu muito. Basta digitar algumas palavras no site de buscas mais famoso do mundo e pronto! Está lá, pornografia gratuita. Mas será que isso fez bem para a saúde sexual das pessoas? De acordo com o sexólogo britânico Mike Lousada, o único resultado foram menos orgasmos.

Leia também: Saiba quais as diferenças do prazer gerado pelos orgasmos clitoriano e vaginal

Entre as dicas do casal para orgasmos estão comunicar-se mais com o parceiro, para saber o que ambos gostam no sexo
Shutterstock
Entre as dicas do casal para orgasmos estão comunicar-se mais com o parceiro, para saber o que ambos gostam no sexo

Mike é o autor do livro “Real Sex-Why Everything You Learned About Sex Is Wrong” (Sexo real - Por que tudo o que você aprendeu sobre sexo está errado) ao lado de sua mulher, Louise Mazantine. Os dois acreditam que o sexo irreal que é reproduzido nos conteúdos pornográficos fez com que as pessoas se sintam antiquadas na cama. Em entrevista ao site “The Sun”, o casal revelou sete dicas para orgasmos de enlouquecer. Confira:

1. Entenda o seu desejo

A pessoa precisa entender o que busca no sexo para, então, saber o que vai satisfazê-la. Por que eu quero fazer sexo? O que eu quero com esse ato sexual?. Escreva uma lista com as respostas e seja honesta com você mesma.

2. Conheça-se

Descubra os personagens que você sente em bem em “vestir a roupa” na hora do sexo . Você não vai estar deixando de ser você mesmo, só colocando para fora seu lado sexual, que pode ser incrível. Um dia você pode estar mais romântica, outro mais mandona e o outro até super sedutora.

Leia também: O que uma toupeira pelada tem a ver com nudes? De acordo com esta campanha, tudo

3. Recupere seu corpo

Sua preocupação com seu corpo interfere em sua vida sexual? Mas pare para pensar: é você que não gosta do seu corpo ou você não gosta do que as pessoas podem pensar ele? A verdade é que seu parceiro não vai se preocupar com umas gordurinhas a mais ou com marcas de estrias na hora do sexo. Então, assuma o corpo que tem, se ame e ame na cama também.

4. Seja presente

Não se distraia durante o sexo. Desligue-se de tudo a sua volta e foque apenas no parceiro. Respire fundo e concentre-se no que você está sentindo.

5. Comunique-se

Você e o parceiro devem conversar sobre o que querem no sexo. Não adianta só fazer sem saber o que o outro gosta. É preciso investir no que a outra pessoa sente prazer e, ao mesmo tempo, receber o que realmente gosta.

Leia também: Paixão ativa as mesmas células cerebrais que drogas ilegais, diz estudo

6. Liberte-se

Deixe você mesma ser uma pessoa sexual. Não tem problema se libertar na cama. A sociedade pode reprimir alguns comportamentos, mas não é errado tentar coisas novas entre quatro paredes.

7. Não é uma performance

Diferentemente do sexo pornográfico, o sexo da vida real não precisa ser um performance. Basta ele ser gostoso para que você consiga orgasmos enlouquecedores.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.