Não são poucas os obstáculos que as pessoas plus size encontram pelo caminho durante a vida. Há um padrão de beleza estabelecido pela sociedade que é constantemente replicado em anúncios, nas passarelas, em filmes e outros tipos de mídia, o que faz com pessoas que não são magras, brancas, tenham determinados traços e o cabelo de uma certa textura se sintam excluídas desses meios. Se tratando de amor e sexo, eles aparecem com mais frequência ainda.

undefined
Shutterstock
São muitas as dificuldades que as pessoas plus size encontram e, quando falamos em sexo, as coisas ficam mais difíceis

Pensando nisso – e tendo experiência como uma mulher plus size –, a educadora sexual Elle Chase desenvolveu uma espécie de manual chamado “Curvy Girl Sex”  (sexo de garotas curvilíneas, em tradução livre), onde expõe dicas e reflexões a respeito da vida sexual de pessoas que estão acima do peso ou têm partes do corpo mais proeminentes (como grávidas ou pessoas de quadris e seios grandes). Para elaborar o guia, Elle experimentou diversas posições sexuais até descobrir quais são as que deixam pessoas corpulentas mais confortáveis. Ao veículo britânico “Daily Star”, a autora e educadora sexual comentou as descobertas que expôs no livro.

As clássicas venceram

De acordo com Elle, a posição que mais facilita a vida de pessoas plus size é a clássica papai e mamãe. “Com a minha pesquisa, eu descobri que qualquer forma de papai e mamãe parece ser o mais fácil de se concretizar, especialmente porque travesseiros podem ser utilizados embaixo dos quadris e bumbum para elevar os genitais”, explica ela.

A educadora afirma ainda que além de essa posição ser mais fácil e confortável, traz outros benefícios. “Isso faz com que a gravidade faça sua mágica e ‘espalhe’ a gordura em direção ao torso, deixando uma área maior e mais acessível para a penetração”, conta a autora.

Além do papai e mamãe, há outra posição clássica que também é uma boa ideia para pessoas maiores. “A doggy style [de quatro] vem logo em segundo lugar, mas pode ser desconfortável para pessoas que têm dores nos joelhos ou nas costas”, conta.

Leia também: Saiba como valorizar o corpo triângulo ou pêra

Se permita!

Outra dica que Elle dá em seu guia para pessoas grandes é a de que as elas devem aproveitar o sexo com o corpo que têm em vez de “se punirem” em busca de outra forma física, e ela não é a única a pensar dessa forma.

undefined
Reprodução/Instagram Cheyenne
Desinibida, Cheyenne compartilha fotos de lingerie e até nua para encorajar mulheres plus size a amarem seus corpos

Recentemente, a blogueira Cheyenne  passou a fazer sucesso no Instagram compartilhando imagens em que aparece de lingerie, roupas de banho e até sem nada para encorajar mulheres a amarem o próprio corpo. Se você é uma mulher plus size, a dica aqui é se cercar de exemplos positivos como a blogueira e não deixar a sexualidade de lado!

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários