Tamanho do texto

Especialistas dão dicas de como se comportar para evitar pedido de divórcio

Qualquer um que tenha ficado surpreso com o pedido de divórcio pelo parceiro diz que não viu os sinais de que isto aconteceria. Mas especialistas dizem que existem certos hábitos que podem estar forçando seu parceiro a considerar um divórcio sem você nem perceber.

Leia também: Separação dói mais que traição?

Divórcio pode ser causado por hábitos ruins que são feitos sem perceber
shutterstock
Divórcio pode ser causado por hábitos ruins que são feitos sem perceber

De acordo com as especialistas em relacionamento Índia Kang e Ar'nie Krogh, casais que não fazem sexo o suficiente tendem a controlar seu amante a ponto de não respeitar seus limites, o que acaba causando o divórcio . Aqui, elas revelam os hábitos que você precisa abandonar para manter o romance vivo:

Reclamar e choramingar constantemente

Isso vai destruir ao invés de construir o seu casamento. Quando você está reclamando constantemente, você está dizendo que não está feliz. Foque no que está certo ao invés de se concentrar no que está dando errado.

Greve de sexo

Ar'nie Krogh explica que embora o sexo não deva ser a base a todo o casamento bem sucedido, não mostra fisicamente a seu parceiro o quanto você o ama pode abalar sua confiança. Também usar o sexo como um castigo após uma discussão vai fazer parecer que algo que ele tem que trabalhar para conseguir e que você não gosta.

Leia também: Separação é mais propensa em uma data do ano

Priorizar outras coisas

Quando outras coisas se tornam mais importantes, como família, amigos, carreiras e atividades pessoais, seu casamento pode começar a oscilar. Faça de seu relacionamento sua prioridade, colocando um ao outro antes de tudo. Seu casamento vai agradecer por isso.

Falar mal do parceiro para os outros

Não fale mal do seu parceiro para sua família e amigos. É claro, precisamos ser sinceros e saber que haverá momentos em que precisamos nos libertar. Neste caso, encontre um amigo de confiança, preferencialmente casado, e desabafe com ele.

Não fazer coisas do próprio interesse

Seja sua classe de exercício semanal, ou seu encontro regular com amigos, mantenha isso. Nenhuma pessoa pode satisfazer todas as suas necessidades sociais, emocionais e psicológicas. Não negligencie o seu auto-cuidado e não pare de fazer as coisas que lhe trazem alegria.

Não respeitar os limites do parceiro

Ar'nie Krogh afirma que todos os hábitos são toleráveis ​​até cruzar os limites de uma pessoa. Não gosto de tomar banho todos os dias? Não é um problema. Até que seu parceiro tenha que fazer comentários sobre seu cheiro e ter que repetir isso a cada três dias.

De acordo com Ar'nie muitos maus hábitos podem ser relevados no período de lua de mel de um relacionamento, mas muitos deles se tornam irritante depois de um tempo. Ela afirma que se percebemos que o hábito do nosso parceiro está ficando irritante, então é hora de ter uma boa conversa com ele, porque talvez ele não esteja fazendo propositalmente.

Não ter boas maneiras

Só porque vocês compartilham a mesma cama, não significa que vocês podem parar de ter boas maneiras dentro de casa. Ser capaz de dizer constantemente obrigado e por favor quando os parceiros fazem algo de bom mostra que você aprecia os esforços dele para te fazer feliz.

Leia também: Prática de sexo oral menstruada causa separação e vai parar na Justiça

Tentar controlar um ao outro

Não digam um ao outro o que comer, usar, dizer, agir ou se vestir. Na verdade, não tente controlar o seu parceiro. Primeiramente você não pode, e em segundo lugar criará um ressentimento. Se você não quer um divórcio, assuma a responsabilidade pela sua parte do relacionamento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.