Tamanho do texto

É preciso cuidado na hora de comprar e manter esse acessório sexual tão popular. O material, a forma de limpar e armazenar merecem atenção

Os vibradores estão entre os brinquedos sexuais mais populares e conhecidos, mas ainda existe muito tabu sobre a masturbação feminina e isso faz com que muitas mulheres tenham receio de ir à sex shops ou tirar dúvidas sobre o produto que estão adquirindo. Por isso, é comum acabar comprando acessórios de qualidade duvidosa, tornando o momento prazer perigoso.

Veja quais os cuidados que é preciso ter ao comprar, usar e armazenar os vibradores
shutterstock
Veja quais os cuidados que é preciso ter ao comprar, usar e armazenar os vibradores


Leia também: Despertador com vibrador promete acordar as mulheres com orgasmo

É preciso ficar atenta aos brinquedos sexuais que está usando para poder aproveitar sem preocupação. Os vibradores de má qualidade podem trazer problemas na vida sexual, como infecções e alergias e, dependendo do material, também pode ter influência no endométrio e nos hormônios.

Calma! Você não precisa jogar o acessório sexual fora ou ficar com medo dele, basta ficar atenta a algumas dicas de segurança.

 1. Confira os detalhes dos vibradores

Não escolha um brinquedo sexual apenas pela aparência, é preciso olhar a descrição do produto e descubrir do que ele é feito. De acordo com informações do portal “Metro”, se o vibrador apresenta o composto BPA (elemento usado em algumas produções de plásticos) ou um composto químico chamado ftalatos é melhor você não comprar, pois podem ser prejudicais para a saúde.

2. Preste muita atenção ao preço

Se um vibrador é super barato, isso pode ser um índico de que ele é feito com um plástico de baixa qualidade. Vale a pena procurar os modelos de marcas mais conhecidas e que possuam algum selo de segurança.

3. Escolha bem o tipo de material

Prefira plástico rígido (ao invés do material gelatinoso), silicone ou metal, pois com esses materiais é mais difícil a sujeira e as bactérias ficarem alojadas na superfície do objeto. Os que são lisos ou sem muitas texturas são mais fáceis de limpar.

4. Não use o mesmo acessório para a prática anal e vaginal

Você pode passar bactérias de um lugar para o outro, por isso, mantenha os brinquedos separados. Fora que os modelos também costumam ser diferentes para trazer mais conforto e prazer - há acessórios que são indicados para a prática vaginal e outros para a anal .

Não use o mesmo vibrador para a prática anal e vaginal
shutterstock
Não use o mesmo vibrador para a prática anal e vaginal


Leia também: Britânica passa por cirurgia para remover vibrador entalado no corpo

5. Limpe seus brinquedos sexuais após cada uso

Nada de guardar o acessório na caixa depois de utilizá-lo sem nenhum cuidado. A maioria das marcas estampam nas embalagens orientações de como deve ser feita a limpeza , se passar produtos errados pode deixá-lo sujo ou provocar alergias quando for usá-lo novamente.

6. Tenha um lugar para guardar os brinquedos sexuais

Separe uma gaveta limpa ou outro local específico para isso. Guarde também cada brinquedo em uma caixa ou saco separado, assim não terão contato uns com os outros e isso evita a disseminação de bactérias. Também evite colocar os itens em recipientes de plástico.

7. Procure por nossos cheiros fortes

Um forte cheiro de plástico pode indicar que o material não é de boa qualidade, já outros maus odores podem ser indícios de que o acessório não está bem limpo. Nesses casos, a melhor opção é jogar o item erótico fora e adquirir outro.

8. Tenha cuidado com lubrificantes

Se o brinquedo sexual for de silicone, não use silicone ou lubrificantes à base de óleo na hora do sexom pois isso danificará o material. De modo geral, prefira os lubrificantes à base de água, que além de não estragar o acessório, costuma não causar alergias.

Leia também: Brinquedo erótico: saiba qual o ideal para cada signo do zodíaco

9. Relaxe, divirta-se e faça apenas o que é bom

Assim como tudo que envolve sexo e prazer, só utilize vibradores se isso não te causar incomodo ou dor. Caso contrário, deixe o acessório de lado. Só faça aquilo que é bom para você!

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.