Tamanho do texto

Preliminares muitas vezes acabam sendo menosprezadas em uma relação, mas elas podem ser até mesmo mais prazerosas que a própria penetração

Você pode ter perdido sua virgindade há tempos e, agora, nem espera muito e já vai logo para a penetração. Entretanto, você pode estar perdendo muita coisa boa no sexo com preliminares tão rapidinhas.

Preliminares podem até mesmo substituir o sexo com penetração com algumas pequenas dicas e abertura do casal
Shutterstock
Preliminares podem até mesmo substituir o sexo com penetração com algumas pequenas dicas e abertura do casal

Se você também está em um relacionamento com uma mesma pessoa por muito tempo, poderá perceber que nem são necessárias muitas posições diferentes para alegrar um pouco mais o sexo, basta encontrar coisas novas para se fazer. Pensando nisso, o Delas separou algumas dicas para que vocês investirem as preliminares  que vão acabar valendo pelo sexo com penetração. Confira:

Tato

Lembra de quando você ainda não havia experimentado o sexo com penetração? Com certeza a mão, os amassos, as carícias, os chupões, os beijos e os arranhõezinhos (suaves, claros) eram muito mais importantes. Isso porque vocês estimulavam as sensações e as zonas erógenas do corpo. Voltem a fazer isso deixando o pênis e a vagina um pouco de lado. O restante do corpo também é muito interessante – até mesmo um carinho com as unhas a partir do calcanhar pode fazer a pessoa se arrepiar.

Peitos

Muitas mulheres conseguem chegar ao orgasmo apenas com estímulos nos seios. Fale para a outra pessoa se divertir nessa hora. Vale usar as mãos, a língua, a boca toda. Caprichem e gastem alguns minutos nessa parte do corpo.

Períneo

Uma parte do corpo que pode ser injustamente esquecida é o períneo, que é o espaço entre a vagina ou o pênis e o ânus. É uma região super sensível por conter várias terminações nervosas e que pode deixar qualquer um louco de prazer.

Posições

Além das sensações que podem ser provocadas, algumas posições também podem ser feitas sem a necessidade de uma penetração. Isto é bom para aquelas pessoas que ainda não conseguem se desvencilhar do pênis ou vagina.

No caso dos homens, eles podem encontrar prazer passando o órgão sexual por entre as nádegas ou os seios da parceira. Se o bumbum for o foco, você pode ficar deitada de barriga para baixo, esticada, e o parceiro se posiciona de quatro, virado para os seus pés. Depois, é só encaixar o pênis entre as nádegas e aproveitar.

Já quando você for fazer a famosa espanhola, fale para o gato deitar de barriga para cima ou ficar em pé. Encontrem a melhor posição para que você consiga estimular o órgão dele apenas com os seios.

Outra posição, e isso principalmente para as mulheres que não gostam mesmo de penetração mas se relacionam com um homem que gosta, pode ser o “o encaixe entre as coxas”. O casal fica de pé, com a mulher de costas para o homem. Em seguida, ele encaixa o pênis entre as coxas da parceira, próximo a vagina, mas sem penetrar. Deste modo, ele vai conseguir ter a sensação de uma masturbação, mas com um plus das nádegas. A mulher pode ajuda ainda mais ajudando a estimular o órgão com as mãos. Ainda vai menosprezar as preliminares?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.