Tamanho do texto

Petrus Gonsalvus nasceu com uma doença rara que deixa o corpo coberto por pelos, mas ele encontrou uma mulher que o enxergou além da aparência

O clássico da Disney “A Bela e a Fera” já encantou muitas gerações e com a estreia da versão live-action, estrelada por Emma Watson, o conto de fadas se tornou um dos assuntos mais comentados nas redes sociais. O que poucos sabem, é que essa história encantadora é baseada na vida de um casal real.

Cena do filme
Divulgação
Cena do filme "A Bela e a Fera". A história foi inspirada em casal real


Leia também: Veja dicas de decoração inspiradas no filme clássico da Disney

Petrus Gonsalvus nasceu coberto de pelos, da cabeça aos pés, e mesmo possuindo uma aparência excêntrica encontrou alguém que conseguiu ver além do exterior. O homem era conhecido como “garoto lobo” e serviu de inspiração para a criação da personagem Fera, da animação “ A Bela e a Fera ”.

Como tudo começou

Petrus Gonsalvus foi mantido como um animal em um zoológico
Reprodução/TheSun
Petrus Gonsalvus foi mantido como um animal em um zoológico

De acordo com informações do portal britânico “The Sun”, a história real começou em 1537, em Tenerife, quando Petrus nasceu com a rara condição de hipertricose, também conhecida como síndrome de Ambras , que causa o crescimento anormal de pelos.

Como tinha aparência incomum , quando completou 10 anos, o pai do garoto lobo o deu de presente para o rei da França, Henry II. Ele foi mantido como um animal em um zoológico chamado “Royal Zoo”.

Leia também: Com cena gay, "A Bela e a Fera" tem estreia cancelada na Malásia

No entanto, assim que ele começou a aprender a ler e escrever, rapidamente ganhou o respeito das pessoas que estavam em torno dele. Petrus tornou-se fluente em francês, italiano e latim, e possuía o caráter parecido com o que a personagem Fera tem no filme.

Em busca de um amor

Mesmo conquistando quem estava ao redor dele, era difícil para o garoto lobo encontrar um amor , pois as mulheres não conseguiam ver além da aparência “monstruosa” que possuía. Entretanto, assim como na animação, a esperança ainda existia dentro dele.

Petrus e Catherine se casaram e tiveram sete filhos juntos
Reprodução/TheSun
Petrus e Catherine se casaram e tiveram sete filhos juntos


Sabendo disso, a rainha da época encontrou uma esposa para Petrus, uma mulher chamada Catherine. Com medo dela recusar, a rainha não contou sobre a aparência do noivo até o dia do casamento.

Final feliz

Após descobrir a verdade, ela começou a olhar para além da aparência incomum de Petrus e se apaixonou pelo homem corajoso que passou a vida lutando contra a doença rara.

O casal teve sete filhos juntos e quatro deles também foram atingidos pela hipertricose. Petrus e Catherine viveram como nobres e se estabeleceram na Itália. A história de amor durou até 1618, ano em que a Fera da vida real morreu.

Leia também: Novo versão atualiza encanto de um dos maiores clássicos da Disney

A animação da Disney foi inspirada no livro “La Belle et la Bête”, de 1740, escrito por Gabrielle-Suzanne, e a história do livro foi inspirada na vida do casal Petrus e Catherine. Há também outra teoria que diz que a “A Bela e a Fera” foi inspirada em outro romance francês que conta a história de uma menina sequestrada por uma fera.

    Leia tudo sobre: amor
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.