Tamanho do texto

Para o sexo ser prazeroso e sem causar problemas futuros é preciso alguns cuidados. Saiba o que deve ser proibido na hora H

O sexo deve ser sempre uma experiência prazerosa para ambas as partes e sem preocupações posteriores. Para evitar problemas é preciso ter alguns cuidados na hora H, e evitar algumas coisas que são consideradas "proibidas".

Leia também: Como ter orgasmos mais longos? Veja dicas

Especialistas, em entrevista à revista americana "Women's Health", dizem quais são as atitudes proibidas durante o sexo.

Para garantir segurança e prazer no sexo, algumas coisas são proibidas. Saiba quais são
shutterstock
Para garantir segurança e prazer no sexo, algumas coisas são proibidas. Saiba quais são


1. Subestimar o risco de DSTS

Você pode pensar que perguntar ao seu parceiro se ele fez exames é suficiente para te proteger do risco de contrair doenças sexualmente transmissíveis, mas não é. Qualquer vez que você estiver fazendo sexo sem preservativo – masculino ou feminino–, você está se colocando em risco de pegar DSTs como HPV, sífilis ou até mesmo AIDS, informa a ginecologista e obstetra Leah Millheiser em entrevista à publicação americana.

Leia também: Raspar pelos pubianos aumenta riscos de doenças sexualmente transmissíveis

2. Usar lubrificantes à base de óleo com camisinha

Deixar de usar lubrificante pode ser um sofrimento para muitas pessoas, seja na penetração vaginal para quem sofre com a falta de lubrificação, ou no sexo anal. “Se você está usando uma camisinha de látex, não use um lubrificante à base de óleo - inclusive os naturais feito a base de óleo de coco ou azeite - porque eles podem rasgar o látex e assim o preservativo se torna inefetivo”, explica a ginecologista, que recomenda os feitos à base de água ou silicone.

3. Colocar alimentos na vagina

Na hora do sexo, ou da masturbação, você pode se empolgar e querer incluir alimentos no processo. Leite condensado e morangos pelo corpo para esquentar uma relação sexual podem ser interessantes, mas nada de colocar frutas ou vegetais na vagina ou ânus. “Pedaços podem quebrar lá dentro e ficar presos”, diz Leah.

Se decidir colocar algo na vagina ou reto, prefira os brinquedos eróticos próprios para isso, recomenda a ginecologista.

4. Pressionar o parceiro para chegar ao ápice

Focar muito no fim do sexo pode ser prejudicial para sua vida sexual, explicou o terapeuta sexual Stephen Snyder ao veículo: “Algumas vezes o ápice não vai acontecer, e está tudo certo”.

Não transforme isso em um problema, mas foque na solução. Stephen sugere estimulá-lo de outras formas, além da penetração.

Leia também: Apimente a relação com 30 posições sexuais

5. Ir além do seu limite

Ir além do limite de seu corpo está entre as atitudes proibidas. Não faça mais sexo do que aguenta, nem mais vigorosamente do que consegue. Você pode acabar se machucando: as mulheres podem ter pequenos cortes na vagina e, os homens, se penetrar em ângulos e com impulsos equivocados, podem acabar com uma fratura no pênis.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.