Tamanho do texto

Especialistas explicam por que ficamos tão chocados e desacreditamos no amor quando casais famosos, que passaram tanto tempo juntos, se separam

William Bonner e Fátima Bernardes anunciaram publicamente a separação, por meio das redes sociais, após um casamento de mais de 26 anos. Agora foi a vez de mais um casal chegar ao fim: Angelina Jolie e Brad Pitt . A atriz entrou com pedido de divórcio e também pediu a guarda dos seis filhos. 

Angelina Jolie pediu a separação de Brad Pitt e a guarda dos filhos
Reprodução/Twitter
Angelina Jolie pediu a separação de Brad Pitt e a guarda dos filhos


Pós-separação: 9 etapas para retomar a vida

Quando um relacionamento desses chega ao fim, geralmente as pessoas ficam surpresas. No caso de Fátima e Bonner, diversos fãs usaram o Twitter para expressar o choque com o fim do casamento. 







“O famoso ocupa um lugar de muito espelhamento na sociedade. Eles representavam o que deveria ser um casal”, explica o psicólogo Yuri Busin.

Os famosos podem parecer casais perfeitos , mas Yuri lembra que o que conhecemos deles, o que é passado na mídia, é apenas o que eles querem. As crises e possíveis desentendimentos não são exibidos para todos. “Se você olha para seu vizinho também imagina que é perfeito, porque você vê só uma parte”, compara o psicólogo.

Por que nos impacta?

William Bonner e Fátima Bernardes se separaram após 26 anos de casamento
Divulgação/TV Globo
William Bonner e Fátima Bernardes se separaram após 26 anos de casamento


O término de uma suposta relação perfeita é o que nos deixa chocado, explicam os especialistas. Paula Emerick, psicóloga e presidente executiva e fundadora da Solace Institute, também afirma que, por mais que nos reconheçamos como uma geração moderna, a família ainda é uma instituição muito importante: “ A família é considerada um sistema, a experiência do divórcio sempre causa danos aos envolvidos e afeta muito as pessoas influenciadas por eles”.

Artistas e famosos são conhecidos por serem influenciadores. “Eles influenciam o contexto da população, ditam regras, costumes, lugares que devem ser visitados e as pessoas acabam achando que fazem parte da vida deles depois de tantos anos os acompanhando”, explica Paula: “Então temos a visão de que, como eles estão juntos há tantos anos diante de tudo, essa família é uma base. A sensação é de que está todo mundo ‘ órfão ’ dessa família”.

+ As separações mais chocantes do mundo dos famosos

“Os dois [casal de famosos] são ícones muito grandes, e as pessoas se chocam com uma realidade diferente. Quando há a quebra de uma realidade de forma rápida, a gente se assusta, perde nossa base e pode demorar para se refazer”, completa Yuri.

“Não acredito mais no amor”

Não acreditar mais no amor é uma constatação de muitos internautas após separações como as de Fátima e Bonner ou do casal "Brangelina". “As pessoas se sentem ameaçadas. Se aquilo que a gente acreditava ser perfeito acabou, imagina o nosso?”, explica a psicóloga sobre a possível reação das pessoas.

De acordo com Paula, as pessoas que idealizam a relação do casal famoso pensa: “Quem é esse cara que eu vou encontrar e que vai ser o William Bonner da minha vida?”, mas acabam não pensando nas próprias escolhas e o que vai precisar ser feito para nutrir esse relacionamento duradouro.

Fim de casamentos longos

A psicóloga ainda diz que em relacionamentos muito longos, o término pode acontecer por causa da quebra de algum ciclo de vivência, ou seja, em algum novo ciclo da vida, o casal não se encaixa mais e perde a afinidade. Pode ser um desencontro na área financeira, sexual e até profissional.

“O ser humano é singular e por escolhas diferentes, temos resultados diferentes”, conta Paula. 

Mas para os que ficam realmente tristes com uma notícia de separação, Yuri alerta: “Muitas vezes o término do relacionamento faz bem ao casal”, que completa, “pense sempre no que aconteceu na relação. Porque se eles se separaram, as coisas não andaram bem. Será que agora eles não estão mais felizes?”. 

    Leia tudo sobre: amor
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.