Os números de infectados pelo  novo coronavírus no Brasil tem aumentado e cada vez mais pessoas adotam o isolamento social para se prevenir. Por enquanto, não existem mais opções de passeio ao ar livre: é importante se manter em casa para evitar a propagação ainda maior do vírus. Com isso e academias fechadas, a solução para se movimentar ou até ocupar o tempo e desestressar é optar por treinar em casa

mulher praticando exercício na sala de casa arrow-options
shutterstock
Com o isolamento social, muitas pessoas estão começando a praticar exercícios em casa




Segundo Sabrina Soncella, personal trainer já conhecida nas redes por seu Instagram (@sasoncella) e por seus treinos dentro da plataforma Queima Dária, treinar em casa pode ser muito gratificante. “Você pode ficar perto da família e manter a sua rotina”, ela diz.

No entanto, muitas pessoas que estão começando podem acabar tendo problemas. O motivo? Não sabem o ritmo adequado para adotar na hora do treino .

É ótimo tomar a iniciativa de começar a mexer o corpo, mas muita gente acredita que é de uma hora para a outra conseguirá fazer todos os exercícios em segurança. O que não é verdade. Existe um processo a ser respeitado para que as atividades físicas sejam feitas corretamente e sem causar danos.

Leia também: Personal de Anitta e Marquezine dá dicas de musculação para fazer em casa

Além da chance de acabar se lesionando, é preciso atenção rebodrada nesse momento de pandemia à sua saúde. “Quanto maior a intensidade do exercício [para uma pessoa não condicionada], maior o risco de baixar a imunidade”, explica Sabrina. É por esse motivo que o ritmo é um elemento fundamental para quem está começando a se exercitar.

Veja exemplos de como manter o ritmo ideal para você e se exercitar de maneira saudável:

Respeite seus limites sempre

a personal trainer sabrina soncella pratica exercícios arrow-options
Divulgação
Sabrina Soncella explica que um bom treino requer equilíbrio e respeito às limitações do corpo


Não é de uma hora para outra que nosso corpo consegue fazer todas as atividades físicas possíveis. Segundo Sabrina, pessoas iniciantes ou sedentárias precisam ir com calma e se mexer aos poucos. “O ideal é que se dê intervalo entre os exercícios”, explica a profissional. Intercale os dias de treino no início. Em alguns dias, é possível perceber que o corpo está mais disposto durante as atividades.

A personal diz ainda que é ideal iniciar com exercícios leves e de baixo impacto - ou seja, que mexem de maneira menos brusca com as articulações, ligamentos e estrutura óssea. Também é possível treinar com objetos que você tenha em casa ou realizando com mais intensidade exercícios do cotidiano (como subir e descer escadas, por exemplo).

Aqui no Delas , já falamos que é possível  adaptar exercícios de musculação em casa de maneira segura. Confira algumas dicas e adote na sua rotina!

Quantidade não é qualidade

Tem gente que acredita que, logo no primeiro dia, é preciso pegar bastante peso e ficar horas se exercitando para surtir efeito no corpo. Na verdade, isso é arriscado. Lembre-se que o que importa é a qualidade de como esses exercícios em casa estão sendo realizados, e não o número de atividades praticadas. “O corpo vai conversar com você e vai apresentar os sinais de adaptação”, diz Sabrina.

Cuide do seu prato

diversos alimentos espalhados por uma mesa de madeira arrow-options
shutterstock
Para manter uma dieta saudável, faça pratos coloridos, corte sal e gordura


Seja para se exercitar ou não, uma alimentação equilibrada é fundamental a saúde corporal. Para Sabrina, muita gente acha que é extremamente difícil comer bem. Mas ela garante que não é um bicho-de-sete-cabeças. A dica é para investir em pratos alegres e bem coloridos. “Restrinja apenas o que não faz bem, como gordura e muito sal”, diz.

Leia também: 5 dicas para não sair da dieta durante o isolamento social

Como saber se os exercícios estão fazendo efeito?

seis mulheres com roupa de ginástica se abraçam arrow-options
Divulgação
Após os exercícios físicos, o corpo libera serotonina e endorfina, hormônios responsáveis pelo bem-estar



Sabrina aponta que apenas com alguns minutos de treino já é possível perceber os efeitos. Além do corpo se sentir mais confortável aos estímulos, a sensação de bem-estar e de conforto aumenta. Isso porque, ao finalizar o treino, o corpo libera endorfina e serotonina, hormônios fundamentais para manter a mente tranquila.

Também é possível conseguir mudanças físicas ao praticar exercícios em casa , mas tenha calma! Prefira optar por um ritmo leve para chegar ao nível intensivo sem sofrer lesões. Afinal, todos precisamos começar de algum lugar.

    Veja Também

      Mostrar mais