Tamanho do texto

Saber organizar o treino e os dias na academia ajuda - e muito - a alcançar objetivos. Quem tira as dúvidas é o personal de Ju Paes e Flávia Alessandra

Está aí uma dúvida bem comum de quem frequenta academia: é melhor fazer o treino aeróbico antes ou depois da musculação? Além disso, se quero emagrecer e tenho pouco tempo é possível conciliar os dois trabalhos no mesmo dia ou o mais indicado é dedicar um dia para o trabalho aeróbico e outro para o de força? 

Leia também: Corrida na esteira, na rua ou na areia? Qual o melhor exercício para emagrecer?

Para emagrecer, é melhor começar pelo aeróbico ou pela musculação? E para ganhar músculos? Tire suas dúvidas
Creative Commons
Para emagrecer, é melhor começar pelo aeróbico ou pela musculação? E para ganhar músculos? Tire suas dúvidas


Rafa Lund é personal trainer de diversas famosas, como Juliana Paes e Flávia Alessandra, dá diversas dicas em seu perfil no Instagram que podem ajudar qualquer um a melhorar o desempenho nas atividades físicas e emagrecer . Ele soma mais de 78 mil seguidores e as dicas geralmente são bem didáticas. 

Recentemente, ele fez um post explicando qual seria a ordem ideal do treino juntando uma corrida na estreia ou pedalada na bike com a sessão de musculação. E a resposta tem muito a ver com o condicionamento e o objeto de cada um. 


Leia também: Treino das famosas - segredos de Sabrina Sato, Adriane Galisteu e mais

Dois treinos no mesmo dia

Segundo o post do personal trainer, quem está começando na atividade física pode optar por fazer as duas atividades em uma mesma sessão. Segundo o profissional, a segunda atividade pode ser um pouco prejudicada, uma vez que o corpo já pode dar sinais de cansaço depois, de por exemplo, um tempo na esteira ou na bike.

Corrida na esteira, treino na bicicleta ou no elíptico e algumas aulas entram na lista dos treinos aeróbicos
shutterstock
Corrida na esteira, treino na bicicleta ou no elíptico e algumas aulas entram na lista dos treinos aeróbicos


Para isso, ele lembra de um estudo de 1980 que mostra que existe, sim, interferência de uma modalidade sobre a outra, mas que a que a redução da capacidade aeróbica não é tão acentuada por se tratar de trabalhos e adaptações diferentes. Por isso que os iniciantes podem fazer esse treino "casado". 

"Na prática, um indivíduo destreinado não vai ser tão impactado por essas interferências", escreve o profissional. 

Sugestão para quem "crescer"

Entretanto, ele ressalta que conforme o aluno vai ganhando mais condicionamento e preparo, ele deve fazer escolhas. Nessa fase também é comum ter mais definido quais os objetivos com a atividade física. 

Se o que o aluno busca é hipertrofia, vale a pena tomar um pouco de cuidado. "Quanto maior o volume e a frequência semanais do aeróbico, maior será a interferência na força, potência e hipertrofia", afirma Lund. 

Ele também diz que, em alguns casos, nem é preciso conciliar um trabalho aeróbico com a musculação se o objetivo é ganhar mais força e hipertrofiar. Mas se assim quiser dar aquela corrida na esteira, o ideal é fazê-lo depois da musculação ou mesmo deixar isso para um dia ou horário diferente. 

Leia também: Como seguir uma dieta para ganhar massa muscular? Veja dicas e cardápios

Se o objetivo é ganhar músculos, às vezes nem é preciso seguir um treino aeróbico
shutterstock
Se o objetivo é ganhar músculos, às vezes nem é preciso seguir um treino aeróbico


Em outro post, ele fala mais sobre como o trabalho aeróbico pode influenciar nos resultados da hipertrofia. Mais uma vez, vale se atentar a quantidade de exercícios para não prejudicar o desempenho. 

Por exemplo, se o treino de força é o foco e o aeróbico é feito apenas uma ou duas vezes por semana, não há problema algum. Porém, fazer todos os dias uma atividade aeróbica por um tempo, mais de 40 minutos, vai influenciar no "crescimento". "É provável que o ganho de massa magra fique prejudicado, especialmente se o aeróbio for feito na mesma sessão de treino que a musculação", fala Lund.

Qual a melhor ordem para perder peso?

Se a ideia é reduzir medidas e eliminar gordurinhas, se vai fazer o aeróbico antes ou depois da musculação não é tão relevante assim. "Já no que diz respeito à redução do percentual de gordura, os estudos crônicos (longitudinais) não mostram diferença significativa na composição corporal, independentemente da ordem utilizada", detalha o personal trainer na postagem. 

Para emagrecer, é preciso focar nos treinos e também cuidar da alimentação
shutterstock
Para emagrecer, é preciso focar nos treinos e também cuidar da alimentação

Nesse caso, fica mais a critério do aluno. E respeitar a vontade e o perfil dos alunos é importante não só para alcançar o resultado e acabar com as gorduras, mas também para se manter motivado e firme e forte nos treinos. 

Dicas para seguir firme e forte

Já que falamos também sobre motivação - essencial, independente do objetivo - vale lembrar de mais um post de Rafa Lund. Na rede social, o personal das famosas ainda dá dicas simples para quem está começando seguir nos treinos sem desanimar. São coisas bem simples, mas que fazem a diferença. 

  1. Muita calma nessa hora: o aluno novo pode se encantar com a academia e partir para várias aulas coletivas no mesmo dia. Com isso, aguenta um dia, mas no outro está muito cansado, não mantém o ritmo e acaba até desistindo. Portanto, vale dosar nos exercícios. 
  2. Procure o que gosta: de que adianta procurar uma atividade física se já sabe que nao gosta daquele tipo de exercício? A dica do personal é procurar algo que lhe dê prazer, principalmente no começo. Assim, se acostuma com o exercício e essa rotina e, aos poucos, vai adaptando para seus objetivos. 
  3. Atalhos não existem: nada de já se matricular na academia e esperar resultado imediato. Ou sair tomando todos os suplementos que conhece para melhorar o desempenho. Antes de começar a suplementação, por exemplo, faça bem feito a base:  treino eficiente e consistente + dieta +  descanso adequados.
  4. Permita-se ter preguiça: é normal ter dias de preguiça, sem vontade de sair de casa e partir para a academia. Isso só não pode te dominar. No começo, tenha força de vontade para seguir com a rotina. Com o tempo, os exercícios se tornam hábito e a disciplina, como defende Lund, vai te ajudar e ter pique até nesses dias. 
  5. Exercícios sozinho não fazem milagre: sim, atividade física faz bem, mas sozinha não dá resultado, seja para quem quer emagrecer ou para quem busca ganho de massa e hipertrofia. Ficar de olho na dieta também é fundamental.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.