Tamanho do texto

Forma de consumo e características de quem está consumindo pode fazer esse grande aliado da dieta virar um vilão e tanto; veja os detalhes

Quantas vezes você já não leu ou ouviu falar que o café pode ajudar na dieta? Aqui mesmo no Delas, a bebida já foi tema de diversas reportagens. Conhecida por propriedades termogênicas e estimulantes, essa paixão nacional pode ajudar a acelerar o metabolismo  e, com isso, fazer com que se queime mais calorias. Sem contar que dá um pique a mais, o que é muito bem-vindo para os praticantes de atividades físicas. Com o acréscimo de alguns ingredientes, como manteiga ou óleo de coco , a bebida fica ainda mais potente. 

Café pode passar de aliado a vilão da dieta, segundo nutricionista
shutterstock
Café pode passar de aliado a vilão da dieta, segundo nutricionista


Apesar de ainda ser uma fonte de antioxidante e conter poucas calorias, recentemente nutricionistas alertaram para alguns riscos na ingestão de café . Em seu blog e também segundo o jornal "Daily Mail", Tammy Lakatos-Shames, conhecida como uma das irmãs do "Nutrition Twins", afirmou que a bebida pode ter efeitos nada agradáveis no quesito dieta e até pode "dar barriga". 

Café x ansiedade

De acordo com a especialista, a forma de consumo da bebida e características de quem a está consumindo pode transformar o cafezinho de aliado em vilão. "Se você é mais ansioso, ele pode ajudar a aumentar a gordura do corpo", disse Tammy. 

Ela explicou que a cafeína é, sim, capaz de aumentar a frequência cardíaca e de respiração. Entretanto, em algumas pessoas isso desencadeia ansiedade, perturbação e pode aumentar os níveis de cortisol. "Isso causa ganho de gordura corporal, principalmente em torno da cintura". 

Quantidade e itens a mais

Outros problemas apontados no consumo do café para a dieta incluem quantidade e o que é adicionado à bebida. A nutricionista citou também que muitos de seus clientes não vivem sem um cafezinho, mas colocam creme, doce ou outros itens açucarados na bebida. Aí lá se vão os benefícios também. O café preto, puro, ainda é opção que contribui para a dieta. 

Leia também: Quando consumir e quando é melhor abandonar o cafezinho?

Já para evitar gatilhos de ansiedade e disparo dos níveis de cortisol é preciso entender qual o limite de cafeína pode ser ingerido por dia. Tem gente que processa essa substância de maneira mais rápida e deve tomar ainda mais cuidado, por exemplo. Atenção redobrada também quem tem histórico de doenças do coração e derrames na família. Nesses casos, a recomendação de Tammy é não passar de 200 mg de cafeína por dia. 

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.