Tamanho do texto

Com moderação e alguns cuidados, Shona Vertue diz que é possível apreciar uma bebida alcoólica sem perder a linha na dieta; veja detalhes

O carnaval está aí, o final de semana está cheio de bloquinhos para curtir e você sabe que vai querer beber com os amigos durante a folia . Sempre é preciso tratar esse assunto com cuidado e, principalmente, se for ingerir bebidas alcoólicas, lembrar que é necessário moderação. 

Leia tudo sobre dieta

Segundo personal trainer, é possível beber sem deixar de ser saudável
shutterstock
Segundo personal trainer, é possível beber sem deixar de ser saudável


Alerta dado, vamos às dicas. Nesta semana, Shona Vertue, professora de ioga e personal trainer conhecida mundialmente por cuidar da boa forma de David Beckham, usou sua conta no Instagram para falar como é possível beber e se manter saudável. 

Na postagem, ela assume que esse é um tópico controverso e diz também, para ela, o álcool tem mais contras do que prós. Ainda assim, às vezes bebe uma taça de vinho e geralmente é questionada sobre como faz isso e mantém a silhueta e saúde em dia. 

ALCOHOL CONSUMPTION and HEALTH - I’m going to be controversial and give you my honest thoughts on Alcohol. For me, Alcohol is one of those things where the cons far outweigh the pros. Not just from a physiological perspective, but a psychological one also. In saying that, I have been known to enjoy the taste and effects of a good Old Fashioned, Negroni or Pinot Noir so I understand why and how it can bring pleasure to ones tastebud and Neuron community. Only because I’m frequently asked, here are some of the ‘rules’ that I place around alcoholic consumption that not only benefit my body, but my mind and bank account also; 1. I don’t ever drink when I’m unhappy. Instead I sit in my unhappiness (trying to understand or voice it’s cause). Intoxication only delays the pain of unhappiness and a hangover certainly makes it much worse. 2. I eat before I consume alcohol, but not straight after food consumption because alcohol and food don’t mix well, when it comes to optimal digestion (obviously taste is another matter). There is a time and a place to give little to no f**ks about your digestion but they should be reserved for special occasions, not every FriYAY night with the girls/guys. 3. I drink whatever pleases me and my tastebuds, rather than choosing some shitty, tasteless cocktail that has less calories. It’s not the calories in alcohol that one needs to be concerned with, it’s the consumption of a poison that requires a very specific detoxification process within the liver, resulting in the production of a toxic enzyme that puts the ‘hang’ in hangover. So if you are going to have a hangover either way, you may as well have actually enjoyed the drink you chose, rather than suffering one of those horrendous diet drinks. 4. Last but not least - I NEVER TRAIN WITH A HANGOVER - Instead rest, hydration and some light movement (for lymphatic support) is a better option. I am all for pleasure, but in moderation. Moderation makes it so much more valuable as well - enhancing the value pleasure in the end. In saying all that, I would totally finish the bottle if I was sat with that view, right now. Who else wishes they could jump into that picture? #vertuecrew

A post shared by Shona Vertue (@shona_vertue) on

Ela, então, lista quatro atitudes que a ajudam a apreciar uma bebida sem prejudicar tanto o corpo e a mente: 

1. Bebida x sentimentos

Nada de afogar as mágoas em um copo de cerveja. "Nunca bebo quando estou infeliz", diz Shona. Ela explica que nesse caso tenta escutar sua voz interior para entender a causa da infelicidade. "[A bebida] Só vai adiar a dor e a ressaca depois certamente será muito pior", completa. 

2. Bebida x comida

Ela afirma que sempre se alimenta bem antes de ingerir alguma bebida, mas que não faz essa refeição logo antes de beber. "Quando de trata de um bom processo digestivo, álcool e comida não combinam", escreve a personal. 

Shona Vertue é professora de ioga, personal trainer e tem mais de 210 mil seguidores no Instagram
shutterstock
Shona Vertue é professora de ioga, personal trainer e tem mais de 210 mil seguidores no Instagram

Shona diz ainda que em alguns momentos é possível até desencanar de tudo isso e curtir com os amigos, só não vale fazer isso toda sexta-feira. 

3. Bebo o que gosto

Segundo Shona, sua opção é sempre pelo que mais gosta ou está com vontade. Ela conta que não fica vasculhando o cardápio em busca de um drinque que seja menos calórico . Ela ainda lembra que o importante, nesse momento, não é contar calorias, mas ter consciência dos males que o álcool fará em seu corpo e o processo de desintoxicação que será necessário fazer com seu fígado para livrá-lo de todas as enzimas que causam a ressaca. 

E já que não há como fugir disso, que momento seja ao menos aproveitado. "Se você vai ter ressaca de qualquer jeito, você pode ter ao menos curtido a bebida que escolheu ao invés de ficar sofrenco com drinques horríveis". 

Leia também: Como curar ressaca de fato - o que funciona de verdade e o que deixar de lado

4. Não treino de ressaca

Sonha fecha a lista, escrevendo que nunca pratica atividade física de estiver de ressaca. Nesse momento, é preciso descansar e reidratar o corpo. 

Para não esquecer...

Ela ainda dá uma dica extra e que não custa nada ressaltar: beber por prazer e com moderação. 

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.