Tamanho do texto

É importante cuidar da hidratação e da ingestão de carboidratos em exercícios de longa duração. Vai correr ou pedalar? Veja dicas

Final de semana é um ótimo momento para aproveitar e tirar a poeira da bike ou partir para uma corrida no parque ou na praia. Mas lembre-se que atividades longas, de mais de uma hora de duração, pedem cuidados com hidratação e reposição de carboidratos. Nesses momentos, os suplementos podem ajudar. 

Leia também: Como a alimentação pode potencializar resultados

Suplementos ajudam no desempenho de exercícios de longa duração
shutterstock
Suplementos ajudam no desempenho de exercícios de longa duração


Nos chamados exercícios intermitentes, esses de longa duração e alta intensidade como uma corrida ou uma pedalada forte, vale ficar de olho nos estoques de energia do corpo, para começar a atividade bem preparado e também manter os níveis durante o exercícios e repor após a prática. Os suplementos entram nesse quesito, juntos com uma alimentação balanceada. 

Andreza dos Santos Dias, nutricionista da Nutri Factory, explica que há um suplemento para cada dos momentos citados acima. Veja os detalhes:

Antes do exercício

A recomendação é fazer uso de carboidrato de baixo índice glicêmico. Dessa maneira, a energia será liberada para o organismo de forma mais lenta, ou seja, vai "durar mais" no caso dos exercícios mais longos. 

O suplemento indicado pela nutricionista com essa característica é a Palatinose (isomaltulose). 

Leia também: Suplementos alimentares - Whey Protein, BCAA, Glutamina e outros

Durante o exercício

Andreza lembra que ao longo da corrida ou da pedala é fundamental se hidratar, e isso deve ser feito em intervalos regulares. A água é uma ótima opção, mas de acordo com o grau de esforço, pode não ser suficiente para manter o corpo hidratado por causa da oxidação de carboidratos e sais minerais decorrentes do exercício. "Isso vai degradar as reservas de energia e causando uma desidratação, fadiga e queda no desempenho", fala a nutricionista. 

Por isso, durante a prática são bem vindos s chamados repositores hidroeletrolíticos, que são bebidas ricas em sais minerais e carboidratos. Vale levar com você, por exemplo, uma garrafinha de isotônico para essas atividades mais longas. 

Também é comum vermos atletas consumindo um gel durante as provas mais extensas de ciclismo, corrida ou natação. Esse produto é um carboidrato isolado, que dá energia naquele momento para o corpo. A ideia agora, entretanto, é usar um carboidrato de alto índice glicêmico, para ter energia rápida para o organismo. Exemplos disso são maltodextrina e dextrose.  

Depois do exercício

É o momento de descansar, continuar com a hidratação e se alimentar bem. Falando em suplementos, pode buscar aqueles que sejam fontes de proteína, que ajudam a recuperar os músculos, desgastados na atividade. Veja mais detalhes sobre esse tipo de alimentação e suplementação

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.