Tamanho do texto

Segundo preparador físico, esse é um treino metabólico e que trabalha todas as partes do corpo de forma intensa e, por isso, garante bons resultados

Você segue uma rotina de exercícios e uma boa alimentação, mas ainda assim não consegue trincar o corpo e obter aquele resultado mais sequinho. O treino de explosão pode ser a opção para você mudar um pouco o dia-a-dia nas atividades física e chegar a um resultado melhor. 

Leia também - Exercícios para perder barriga: aprenda série de apenas 4 minutos

Flexão de braço está entre os exercícios para trincar o corpo
shutterstock
Flexão de braço está entre os exercícios para trincar o corpo


Segundo o preparador físico da Ziva, Felipe Kutianski, esse tipo de treino é ideal para trincar o corpo pois faz um trabalho global e de alta intensidade. "O trabalho é muito focado em explosão muscular, isometrias e controle de core, o que exige uma demanda muscular muito abrangente, ou seja, em um único exercício temos mais de 20 grupos sendo ativados ao mesmo tempo. Isso faz com que o gasto energética torne-se elevado", detalha o educador físico. 

Esse treino segue a  ideia da calistenia , que não usa aparelhos como a tradicional musculação e visa definir, dar mais resistência e condicionamento, entre outros benefícios. A ideia aqui não é hipertrofiar, mas secar e, assim, exibir os músculos. 

Também é um treino metabólico, característico por ter uma grande quantidade de séries e pouco descanso entre um movimento e outro. Como o corpo é submetido ao esforço e tem pouco tempo para se recuperar, acontece a oxidação, o que favorece o emagrecimento e a definição. 

Leia também: 5 razões que te impedem de ter a barriga sarada, não importa o quanto treine

Sugestão de treino

Kutianski ainda seleciona 4 exercícios de explosão para você fazer. Se quiser um sobrepeso, pode usar um colete, como nas imagens. Se não tiver, não tem problema. "Realize os movimentos com uma velocidade mais reduzida. Quando menor a velocidade do movimento realizado, maior será a sobrecarga metabólica na musculatura", explica o preparador físico. 

Detalhes do treino

1. Burpee

Finalize o burpee com um salto para ter ainda esforço no exercício
Divulgação
Finalize o burpee com um salto para ter ainda esforço no exercício

O primeiro passo é agachar e apoiar as mãos no chão. Depois, jogue as pernas para trás. Com o corpo esticado, desça até quase encostar o peito no chão. "Recolha" os pés, agachando novamente. Levante e termine o movimento com um salto. 

2. Flexão de braços

Mantenha a postura durante a flexão de braço, sem empinar o bumbum
Divulgação
Mantenha a postura durante a flexão de braço, sem empinar o bumbum

Posicione as mãos na altura dos ombros e desça o corpo, flexionando os cotovelos. Preste atenção para manter a coluna sempre reta.

3. Agachamento com salto

Cuidado ao retornar ao solo depois do salto neste exercício
Divulgação
Cuidado ao retornar ao solo depois do salto neste exercício

Fique de pé, com os pés unidos e a coluna reta. Dê um passo para o lado até ficar com os pés abertos na altura do quadril. Agache e apoie as mãos no chão, passando os braços pela frente do corpo. Dê um impulso e salte, elevando os braços. Cuidado para aterrisar suavemente para evitar lesões. Então, dê um passo agora para o outro lado e repita o agachamento e o salto. 

4. Minhoca

A regra aqui é não flexionar os joelhos
Divulgação
A regra aqui é não flexionar os joelhos

Comece de pé e, então, apoie a mãos no chão, à frente do corpo, sem flexionar os joelhos. Vá caminhando com as mãos para frente, até encostar o peito no chão. 

- Faça de 3 a 4 série de 12 a 15 repetições de cada um dos exercícios, com intervalos de 30” no máximo

E vale lembrar que se exercitar faz bem, seja para obter mais qualidade de vida, para trincar o corpo ou emagrecer, mas é sempre importante procurar um profissional para evitar lesões e conseguir os melhores resultados. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.