Tamanho do texto

Alguns alimentos são verdadeiros vilões quando o assunto é abdômen definido. Veja lista com o que você deve passar longe

Alimentação saudável e balanceada é fundamental para quem quer conquistar aquela barriga sarada. Você pode se dedicar aos exercícios, mas os alimentos errados podem trazer a sensação de inchaço e até ajudar para que aquela gordurinha sempre fique ali, sobre o músculo, impedindo que seja perceptível a sonhada definição. 

Leia também: 6 dicas aprovadas do que fazer depois das 18h para emagrecer de vez

Barriga sarada depende de exercícios e boa alimentação
shutterstock
Barriga sarada depende de exercícios e boa alimentação


Para ajudar na missão de conseguir a barriga sarada , o site "Byrdie" fez uma lista com 9 itens que você deve riscar agora de seu cardápio, com base na opinião de diversos nutricionistas e em estudos. Veja os detalhes: 

1. Queijos

Segundo estudo publicado no "American Journal of Clinical Nutrition", a melhor dieta para reduzir a gordura abdominal é aquela com alimentos da cadeia média de triglicerídeos e não da cadeia longa. E esses tais nutrientes da cadeia longa estão presentes justamente nos frios, como os queijos. 

Além disso, os queijos são ricos em calorias e gorduras saturadas . Se estiver produrando manter a forma e chapar a barriga, passe longe de queijos muito processados, como os amarelos. 

2. Refrigerante

Essa bebida é repleta de açúcar em forma de xarope de frutose. De acordo com estudo publicado no  "Journal of Nutrition", ese açúcar, quando consumido em larga escala, está ligado ao aumento da gordura intra-abdominal.

E não vale optar nem pelas versões zero ou diet dos refrigerantes. De qualquer forma eles vão te engordar. Ficou com sede? Aposte na água saborizada. 

3. Carne processada

Além de estar na lista dos alimentos que podem te matar , ela também é vilã no assunto abdômen definido. Esse tipo de carne, como bacon, contém muita gordura saturada. Troque-a por uma carne magra grelhada e terá as proteínas necessárias para a dieta de uma maneira muito mais saudável. 

4. Bebida alcóolica

O happy hour com os amigos pode acabar com a sua busca por uma barriga chapada. Estudo do National Center for Biothecnology Information acompanhou o comportamento de pessoas por um mês. Quem bebeu mais de um drinque apenas uma vez por semana já apresentou um nível de gordura abdominal maior do que quem bebia menos. O estudo mostra que não é preciso parar beber completamente, apenas de contentar com um drinque por happy hour. 

5. Molho para salada

Existem opções de molhos prontos para salada nas versões ligth, mas ainda assim eles não são recomendados. Geralmente, eles contêm muitos aditivos químicos. Para temperar a salada, opte por azeite de oliva, fonte de boas gorduras, e ervas. Limão e vinagre balsâmico também dão um sabor especial ao prato sem prejudicar a boa forma. 

6. Suco de fruta

As frutas devem, sim, ser consumidas, mas na versão in natura e com casca. Ao fazer o suco, diversos nutrientes são perdidos ao eliminar a casca do alimento. Se adoçar, o resultado é pior ainda. E os sucos prontos, de caixinha, tem problemas semelhantes aos dos refrigerantes. 

Leia também: Uma receita de smoothie para cada momento do seu dia

7. Pão branco

Carboidratos refinados promovem inchaço e ganho de peso, apontam estudos. Você pode optar pelas versões feitas com farinha integral e multigrãos. Outra dica é substituir o pãozinho do café da manhã por uma porção de frutas e proteína. O resultado será mais energia e uma sensação de saciedade por mais tempo. 

8. Barrinhas de cereais

Podem ser uma alternativa para a fome do meio da tarde, tem a promessa de serem lights e saudáveis, mas enganam bastante. Elas contêm muito sódio e conservantes em suas fórmulas. Você pode até comer esse alimento, mas logo logo terá fome de novo. 

9. Sal

O sal não causa acúmulo de gordura em si, mas pode fazer com que você tenha retenção de líquido e se sinta inflado. E inchaço não combina com barriga sarada. Diminua a quantidade de sal nos preparos e aposte em outros produtos para dar sabor aos alimentos, como ervas e pimentas. 


    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.