Você “enfiou o pé na jaca” no final de ano, foi um desafio desviar das comidas maravilhosas das ceias e dos momentos de folga? Notou que as roupas já não estão servindo tão bem quanto estavam no ano passado? Ainda dá tempo de correr atrás do prejuízo e recuperar a forma até o Carnaval, no final de fevereiro.

+ Levantamento de peso com mortal: atleta bomba na web com exercícios malucos

“É comum que, no período de Natal e Ano Novo, com muitas reuniões de final de ano e encontros com amigos e familiares, algumas pessoas abandonem os hábitos saudáveis e passem a consumir alimentos mais calóricos, doces e outras guloseimas servidas durante as confraternizações. A boa notícia é que é possível, sim, encarar o desafio e voltar ou entrar em forma rapidamente, em cerca de seis semanas”, afirma Cris Senna.

Ela sugere uma lista com seis dicas vão ajudar a acelerar a  queima de gordura corporal e ter sucesso na “corrida” pela boa forma:

1- Inclua 12 minutos de exercícios físicos em sua rotina

undefined
Divulgação
Atleta desenvolveu o Desafio Vip 60 e os exercícios, claro, não poderiam ficar de fora

Muita gente acredita que deve entrar na nova rotina saudável "de cabeça", e por isso se propõe a passar de 1 a 2 horas por dia treinando, achando que a melhora da forma física deve envolver um enorme sacrifício. “É claro que é um processo que precisa de comprometimento e disciplina, mas ser radical, além de representar riscos à saúde, atrapalha a mudança de estilo de vida", comenta Cris.

A introdução dos treinos no dia a dia deve ser gradual. "Para os sedentários, adotar sessões de 12 minutos de exercícios, por 3 a 4 vezes por semana, é o suficiente para começar a ganhar resistência e acostumar o organismo”, ensina a atleta.

 2- Faça um esforço diário para melhorar sua alimentação

undefined
Divulgação
Pense todos os dias na alimentação para criar novos hábitos saudáveis e evitar deslizes

A mudança nos hábitos alimentares é outro desafio que pode acabar prejudicando a resolução de ter uma vida mais saudável.  “Na correria do dia a dia, o perigo é acabar desistindo de comer bem devido às  tentações que se encontra em restaurantes de buffet self service, como frituras e massas. Por isso, para quem passa o dia fora, levar marmita pode ser uma boa opção, pois fica mais fácil controlar a qualidade e quantidade dos alimentos, evitando doces, excesso de sal e outros ‘vilões’ da alimentação saudável”, aconselha. 

De forma geral, evitar industrializados e intensificar o consumo de frutas e legumes já costuma ajudar a melhorar bastante a qualidade das refeições. “Manter um diário alimentar também é uma boa dica, assim fica mais fácil lembrar de comer na hora certa e controlar melhor os alimentos, fugindo daquele 'lanchinho' calórico no meio da tarde”.

+ Café x chá verde: qual a melhor opção para "acordar" e até para emagrecer?

3- Estabeleça metas e prazos para si mesmo

undefined
Divulgação
Metas por etapas ajudam a manter a motivação em alta

Desafiar a si mesmo é fundamental nesse processo. A pessoa que não se exercita e decide incluir os treinos no dia a dia tem que ter em mente que passará de sedentário a iniciante, de iniciante para um nível intermediário para, depois, ir para um nível avançado. “Ninguém ganha condicionamento do dia para a noite, é um processo constante. Por isso, para não desanimar no meio do caminho, indico estabelecer metas para si mesmo. Por exemplo, trocar o treino por um mais intenso a cada 15 dias, ou atingir um determinado peso. Isso ajuda muito a manter a pessoa motivada, pois percebe cada avanço conquistado”. 

4- Não caia na armadilha da balança

undefined
Divulgação
É um erro querer se pesar todos os dias, segundo Cris

Quando se inicia uma jornada rumo a uma vida mais saudável, também é muito tentador querer checar o peso o tempo todo, várias vezes ao dia, principalmente para quem tem uma balança em casa. No entanto, de acordo com a especialista, esse é um erro que deve ser evitado.

“O peso corporal varia muito de um momento para o outro do dia, dependendo dos líquidos e alimentos ingeridos e outros fatores. Além disso, não é somente o peso que indica o progresso na forma física, como também a perda de medidas e o ganho de massa magra. A melhor forma de notar a perda de medidas é através das roupas, que ficam mais largas, principalmente na cintura e no quadril, regiões que costumam acumular mais gordura”.

5- Detox do corpo

undefined
Divulgação
Aposte em um suco detox como opção de lanche entre as principais refeições

Outra medida que auxilia no emagrecimento é o chamado efeito “detox”, ou seja, desintoxicar o organismo do excesso de sal, açúcar, gorduras e toxinas em geral. “Além da alimentação saudável e dos treinos, para obter bons resultados é importante cortar o álcool ou consumi-lo com muita moderação. Os sucos detox também são muito bem-vindos, pois aceleram o metabolismo e desintoxicam o corpo, ajudando a evitar a retenção de líquidos”, indica a atleta. Segundo ela, os sucos são boas opções para lanches entre as refeições.

6- Respeite seus limites e siga em frente

undefined
Divulgação
Tenha calma e vá no seu ritmo, orienta a especialista

Não tenha pressa! “A ansiedade excessiva atrapalha, pois ninguém vira atleta de um dia para o outro. O que importa é a persistência, pois quando uma pessoa resolve mudar de vida, os resultados aparecem, mais cedo ou mais tarde. O principal é não desistir do desafio e manter a rotina saudável. Os ganhos são notados na saúde, na forma física e no bem-estar diário. As pequenas vitórias devem ser valorizadas, para que a pessoa não desanime nunca”.

Desafio agora vai ser não ficar em forma! 

+  Banho revigorante: 4 receitas para fazer em casa e levantar o astral

    Leia tudo sobre: instaig

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários