Tamanho do texto

Nutricionista explica os benefícios de cada tempero para digestão e saúde

Suco verde detox, água detox ... Essa palavrinha entrou no universo das dietas para ficar! Alguns temperos também podem fazer essa função ao melhorar o processo de digestão, e com isso eliminar as toxinas do corpo, e também dar uma forcinha para quem quer turbinar a dieta

Ervas e temperos ajudam para o bem-estar. Veja como incluí-los no dia-a-dia
Thinkstock Photos
Ervas e temperos ajudam para o bem-estar. Veja como incluí-los no dia-a-dia


Uma dieta detox não precisa de fórmulas mirabolantes. Com uma alimentação saudável e equilibrada, o corpo é capaz de eliminar os excessos. E os temperos e ervas naturais entram para dar mais sabor à comida sem condimentos artificiais e aditivos e também ajudam a regularizar algumas funções. 

Receitas detox: nutricionista diz o que realmente funciona 

Pensando nisso, a nutricionista oncológica Monica Maia, da Oncoclínica, monta uma lista com 10 ingrientes que vão contribuir para boa digestão e para sua dieta. Veja os detalhes: 

Alecrim

Tem ação antiespasmódica, o que contribui para a redução de gases e também a evitar e acabar com o acúmulo de gordura. Também tem ação diurética, ou seja, ajuda contra o inchaço e retenção de líquido. Combina com carnes de porco, aves e peixes e deve ser usado em pequena quantidade, já que tem um sabor marcante. 

Tomilho

Também combina com carnes em geral e pode ser usado até antes das refeições. Segundo a nutricionista, um infuso do tempero com limão estimula as funções do sistema digestivo.  

Sálvia

Entre diversas funções, é um antioxidante. Pode ser usada para aromatizar pães, queijos e vinagres e em outros preparos. 

Gengibre

Tem ação termogênica, ou seja, acelera o metabolismo e ajuda no processo de emagrecimento. Também é um aliado da boa digestão e contribui para a redução de gases. Com isso, a tendência e se sentir menos inchada - como aquela ideia de barriga estufada. Também é anti-inflamatório. Vale ser acrescentado em sucos, caldos e em águas saborizadas. 

Termogênico acelera o metabolismo e ajuda a emagrecer, mas requer cuidados

Canela

Canela faz parte da lista dos termogênicos naturais
Getty Images
Canela faz parte da lista dos termogênicos naturais

Mais um tempero na linha dos termogênicos naturais. Além disso, aumenta insulina no sangue, reduzindo os níveis de glicose, de triglicerídeos e colesterol LDL. Pode ser usada tanto na versão em pó quanto em pau. Salpique por cima das frutas com cereais no café da manhã, por exemplo. 

Cravo

Tão comum quanto a canela, esse tempero também ajuda a evitar gases. Segundo Monica Maia, tem "ação anti-inflamatória e digestiva, atuando na redução de meteorismos e gases em excesso". 

Cebolinha

Outro tempero bastante comum e muito fácil de se encontrado em mercados e feiras. Ela é rica em vitaminas B1 e B2, A e C. Além de enfeitar pratos, dá um up na saúde e na dieta com ações antioxidantes e propriedades diuréticas e antimicrobiana, entre outros. 

Pimenta malagueta

Além de trazer picância e sabor aos pratos, melhora o sistema digestivo e contribui para a perda de peso. A capsaicina, substância que dá o ardido ao alimento é ótimo para a saúde: é anticarcinogênicas, antimutagênicas e controla radicias livres. 

Hortelã

Hortelã é uma aliada para quem sofre com alergias
Reprodução
Hortelã é uma aliada para quem sofre com alergias

Tem propriedades que dão uma ajuda e tanto para quem sofre de problemas respiratórios como rinite, sinusite ou asma. Voltando ao nosso assunto, a digestão, vale para combater cólicas e flatulências. Pode ser adicionada a sucos - tradicional abacaxi com hortelã, saladas e é muito usada na cozinha árabe. 

Cúrcuma

Ideal para peixes, aves e molhos, esse é mais um dos temperos que atua junto as gorduras do corpo, reduzindo níveis de triglicerídes, diminuindo colesterol e elevando o HDL. 

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.