Tamanho do texto

Salada é geralmente bem-vinda na dieta. E se tiver folhas e alimentos verdes, melhor ainda. Nutricionista lista os benefícios desse grupo de alimentos

Quem está seguindo uma dieta e tenta eliminar alguns quilinhos sabe que deve incluir hortaliças , legumes e verduras na alimentação. E a opção for por folhas verdes e alimentos com esta coloração, melhor ainda. É o que explica a nutricionista Fúlvia Gomes Hazarabedian, coordenadora do programa Bio Nutri da Bio Ritmo. 

Alimentação saudável pode ser prática, sim! Nutricionista dá dicas e receitas

Folhas verdes, como a rúcula, tem propriedades antioxidantes e são ricas em fibras
Getty Images
Folhas verdes, como a rúcula, tem propriedades antioxidantes e são ricas em fibras


Segundo a especialista, as folhas verdes e esse grupo de alimentos trazem diversos benefícios à saúde e são grandes aliados do emagrecimento porque ajudam a inibir o envelhecimento precoce e também contribuem para o bom funcionamento do organismo. 

"São alimentos com uma alta concentração de antioxidantes que atuam nas células combatendo excessos de radicais livres, que causam o envelhecimento", afirma Fúlvia. Além disso, essas folhas e vegetais são ricas em fibras, que "viabilizam o fluxo intestinal e estimulam os movimentos peristálticos". Com o intestino em dia, o corpo funciona melhor. 

10 superalimentos que ajudam a controlar o desejo por besteiras e a perder peso

Por causa dessas e de outras propriedades, as folhas verdes também fazem parte de um grupo de alimentos chamados de funcionais. "São alimentos que possuem substâncias ativas que auxiliam o organismo à prevenir doenças e melhoram as funções metabólicas", define a nutricionista. 

Lista de benefícios

De acordo com Fúlvia, os benefícios não param por aí. As fibras, como ressalta a especialista, também contribuem para que se tenha uma sensação de saciedade por mais tempo, evitando que se coma fora de hora e aquelas beliscadas ao longo do dia. 

Já os antioxidantes também ajudam a proteger contra os problemas oculares. Um bom exemplo de um alimento com esses nutrientes é o espinafre, que contém luteína e zeaxantina. 

Os alimentos verdes ainda contam com vitaminas A e C, que atuam no combate a infecções e ainda ajudam a fortalecer o sistema imunológico. O limão, por exemplo, ainda tem mais um ponto positivo: protege células como um antiinflamatório natural e contribui para a redução do colesterol ruim. 

4 receitas da vovó em versões saudáveis para comer sem culpa

Dicas de consumo

Alguns desse alimentos podem ser consumidos crus, outros devem ser cozidos e tem até aqueles que viram ótimos sucos. Fúlvia indica cozinhar couve, espinafre, escarola, brócolis. Já as folhas verdes como alfaces, rúcula, agrião, couve, espinafre podem ser ingeridas cruas, em uma bela salada. Cuidado para não exagerar no molho e adicionar calorias ao prato! 

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.