Tamanho do texto

Prometendo ganho de massa muscular e aumento na libido, a DHEA traz mais prejuízos do que benefícios ao corpo

Buscar o corpo perfeito ainda faz parte do ideal de muitas mulheres. E há um tempo muitas delas também têm interesse em ganho de massa muscular e hipertrofia . Em busca do corpo dos sonhos, algumas apelam para o mundo dos anabolizantes  e usam homônios para conquistarem os resultados mais rapidamente, sem ficar atenta para os riscos desta prática. A DHEA é um dos hormônios que é usado.

DHEA é um hormônio comercializado em pílulas ou gel e utilizado principalmente por mulheres
Marcos Santos / USP Imagens
DHEA é um hormônio comercializado em pílulas ou gel e utilizado principalmente por mulheres

A DHEA , abreviação para desidroepiandrosterona, é um hormônio naturalmente produzido no corpo humano pelas glândulas suprarrenais e é um precursor dos hormônios sexuais masculinos e femininos. “É um hormônio com características masculinas e tem função semelhante à da testosterona", explica a endocrinologista do Lavoisier Medicina Diagnóstica, Myrna Campagnoli.

Apesar de ser essencial para o corpo, a DHEA tem sido usada como suplemento principalmente por mulheres, para fins estéticos, por aquelas que buscam o aumento da massa muscular e hipertrofia , mas também por mulheres mais velhas, que já passaram pela menopausa, para o aumento da libido .

As dicas das famosas para conquistar um corpo sarado sem anabolizantes

Procura

Este hormônio começou a ser procurado com a promessa de que traria os mesmos benefícios da testosterona, mas sem os mesmos efeitos colaterais. "Isso é um mito", esclare Myrna. Ela explica que os efeitos colaterais dele podem ser tão ou mais danosos que os outros hormônios, a depender da dose que se usa.

Outro fator que impulsionou as buscas deste tipo de anabolizante é o fato de ele ser de mais fácil utilização. Enquanto grande parte dos hormônios usados ilegalmente para fins estéticos são injetáveis, a DHEA é administrada em gel ou em cápsulas ingeridas oralmente.

Indicação e venda

O hormônio "não tem indicação nenhuma para fins estéticos”, diz a endocrinologista. Ele é indicado apenas quando há uma deficiência na glândula responsável por produzi-lo e, no caso de insuficiência, sua suplementação deve ser feita sob orientação médica.

Qualquer venda sem receita ou indicação é considerada ilegal. A substância pode ser manipulada, na quantidade sugerida pelo médico. Mesmo assim, ainda há pessoas que adquirem o produto. “Ou há a comercialização ilegal, ou o mau uso da autoridade médica”, sugere a especialista. 

Efeitos colaterais

Além dos efeitos colaterais comuns de esteroides anabolizantes, como o aumento da acne, aumento de pelos e o risco da voz engrossar, Myrna salienta que este hormônio pode alterar o ciclo menstrual e o funcionamento do fígado.

"Em busca do corpo perfeito, acabei com voz grossa e problemas de saúde"

“O efeito procurado, que é o aumento de massa muscular e da libido, não se mantém por muito tempo”, conta a endocrinologista, que ainda alerta que a DHEA aumenta o risco de alguns tipos de câncer: no ovário, mama e endométrio.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.