Tamanho do texto

"Quanto maior eu era, mais invisível eu ficava. As pessoas não faziam contato visual. Sempre sorri para todos. A diferença? Agora elas sorriem de volta"

É comum escutar que alguém quer perder peso e entrar em forma. Mas aqui, a ideia não é a busca pelo corpo perfeito. É aceitar as curvas e mostrar as histórias de superação. Esse é o tema de um ensaio com mulheres nuas da revista "Weight Watchers". 

Mulheres tiram a roupa em ensaio para a revista 'Weight Watchers'
Reprodução/Weight Watchers
Mulheres tiram a roupa em ensaio para a revista 'Weight Watchers'


Na publicação, 11 mulheres contam como mudaram a forma como se viam e compartilham suas trajetórias. "Quanto maior eu era, mais invisível eu ficava. As pessoas não faziam contato visual. Sempre sorri para todos. A diferença? Agora elas sorriem de volta", afirma Kshatriya, de 36 anos, que perdeu 38 kg. 

Kshatriya é uma das participantes do projeto
Reprodução/Weight Watchers
Kshatriya é uma das participantes do projeto

Ela conta que era comparada à irmã, que tinha um corpo atlético, e que se culpava por ser diferente. Mudou ao conhecer o marido e ver que ele a amava, da cabeça as pés, como era. Decidiu entrar no programa de emagrecimento e comemora a mudança no corpo. "Comecei a gostar da minha forma. O momento que percebi quanto a minha vida tinha mudado foi ao usar um banheiro público. Depois de fechar a porta, vi que me movimentava naquele espaço sem hesitar, sem pensar se caberia ali. Chorei". 

Kellie, de 33 anos, é mais uma modelo no ensaio: "Quando vi meu corpo mudando, sabia que não era mais aquela garota que precisava ser aceita. Uma vez que aceitei como eu era, comecei a me olhar de maneira diferente".

Leia também: 

"Não tenho vergonha de expor minhas curvas. O olhar alheio não me importa mais"

Ela emagreceu 42 quilos: “Só parava de comer quando não aguentava mais”

Janie
Reprodução/Weight Watchers
Janie

Janie, de 55 anos, é mais velha do grupo: "Queria envelhecer e aceitar meu corpo e encorajar os outros a ser o que quiserem". Ela conta ainda que se sentia mal com o primeiro marido, como se não fosse bonita ou magra o suficiente para ele. Janie pensou em desistir do ensaio.

"Quando tirei o roupão e comecei a posar, senti algo diferente. Percebi que idade é como você se sente. Eu me senti especial e positiva. Naquele momento, decidi ser uma vovó ativa, que disputa corridas, escala montanhas e faz o que quer". 

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.