Mulher é estuprada por 45 minutos e pessoas filmam ao invés de ajudar
Photo by Gian Cescon on Unsplash
Mulher é estuprada por 45 minutos e pessoas filmam ao invés de ajudar

Uma mulher foi  estuprada no metrô da cidade de Filadélfia, nos Estados Unidos, por aproximadamente 45 minutos. Ela já havia empurrado repetidamente o agressor antes dele cometer a violência sexual , mas ninguém interferiu. Pelo contrário:  os passageiros ao redor pegaram seus telefones e filmaram o estupro, ao invés de acionar a emergência. Ela só foi salva depois do ataque, quando um funcionário fora do horário de serviço fez uma chamada.

"Havia outras pessoas no trem que testemunharam esse ato horrível, e ele poderia ter sido interrompido mais cedo se um passageiro ligasse para o 911", disse o porta-voz do SEPTA (Autoridade de Transporte do Sudeste da Pensilvânia), John Golden, em um comunicado enviado por e-mail à agência Reuters.

O estupro aconteceu dia 13 de outubro, pouco depois das 21 horas. A mulher havia ido a um bar depois do trabalho e pegou o trem por engano às 21h15. O estuprador é Fiston Ngoy, 35 anos, e enfrenta acusações de estupro, desvio involuntário de relações sexuais, agressão sexual e outros crimes. Ele embarcou minutos depois, sentou ao lado dela e foi quando começou as tentativas que culminaram no estupro às 21h52.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários