Óleo essencial de lavanda
Divulgação
Óleo essencial de lavanda


No Brasil, a aromaterapia vem conquistando espaço e sendo reconhecida na saúde como uma das Práticas Integrativas e Complementares (PICs), e é aplicada pelo Sistema Único de Saúde (SUS). De acordo com pesquisa da Fiocruz – Recife, a aromaterapia sugere óleos essenciais para várias questões, e ultimamente vem sendo muito útil na recuperação pós-covid, junto a outras práticas convencionais que a medicina oferece.

Perda do olfato e do paladar, dores musculares, queda de cabelo e desequilíbrio emocional estão entre as sequelas que o coronavírus pode deixar. Felizmente, a aromaterapia pode entrar como coadjuvante para amenizar esses sintomas.

Para sintomas menos graves, como a perda de olfato e paladar, vários óleos essenciais ajudam na reabilitação, são eles:Alecrim, hortelã-pimenta, eucalipto-glóbulos e tomilho.

Além das questões físicas, o campo emocional também é afetado, ocasionando desequilíbrio na frequência vibracional e, consequentemente na imunidade.

Você viu?

Os óleos essenciais de Laranja, hortelã-pimenta, ylang ylang, tangerina, limão, bergamota, camomila-azul, bétula, cravo e canela, podem ajudar a levantar o astral, pois têm propriedades químicas que atuam no cérebro, mais precisamente no sistema límbico, estimulando a memória, o paladar, o humor e a autoestima.


Como usar o óleo essencial?


Dicas da Phytoterápica de como usar óleo essencial: a inalação direta ou indireta é uma das formas mais eficientes e rápidas de aproveitar os benefícios dos óleos essenciais. De acordo com a aromaterapia, inalar de 1 a 2 gotas do óleo essencial de laranja no colar aromático contribui para melhorar o humor e dar mais leveza à vida.

A massagem é uma outra forma de uso muito indicada também. Use um óleo vegetal como base carreadora para diluir o óleo essencial. Pode massagear os ombros, pernas, região da lombar e os pés. Usar o óleo essencial de Hortelã-pimenta com o óleo vegetal de amêndoa-doce para massagear os pés e pernas traz grande prazer, além de proporcionar refrescância e melhorar o desconforto das pernas cansadas.

A aromaterapia é uma prática milenar que está muito presente nos dias de hoje. Não é aconselhável substituir um tratamento convencional com um médico, e sim integrar o uso dos óleos essenciais.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários