Mulheres são denunciadas no Rio Grande do Norte por fazerem topless na área de piscina de uma casa
iStock
Mulheres são denunciadas no Rio Grande do Norte por fazerem topless na área de piscina de uma casa


Em São Miguel do Gostoso, Rio Grande do Norte, duas mulheres foram denunciadas para a  polícia por supostamente estarem produzindo material pornográfico. Elas tomavam sol sem a parte de cima do biquíni em uma área externa de uma casa, e o homem que fez a denúncia reside em em uma casa de dois andares de frente para onde elas estavam e teria invadido a casa vizinha.

De acordo com Marana Torrezani, 35, produtora audiovisual, ela e outras três amigas estavam se bronzeando na área da piscina da casa, pertencente a um casal de jornalistas que são amigos da produtora. Duas delas estavam dentro d’água sem a parte de cima do biquíni quando o homem que fez a denúncia entrou pelo portão. 


Cerca de duas horas após o episódio, três agentes da polícia civil foram até o local e também entraram na casa. Em entrevista ao Universa, Marana disse: “Ouvimos um barulho no portão e achamos que era o vizinho de novo, mas era a polícia. Eles arrombaram o portão. Estavam com muita raiva, não conseguiam conversar direito. Falaram que nós tínhamos cometido crime de importunação sexual e que estávamos presas em flagrante”. Ela acrescentou ainda que um dos banheiros onde estava uma das mulheres também foi invadido. 

Marana afirma que o vizinho que fez a denúncia (que não foi identificado) gravou vídeos delas sem autorização e encaminhou para grupos de WhatsApp da cidade. A assessoria da polícia civil informou ao portal UOL que uma ocorrência do mesmo tipo foi registrada no mesmo dia e na mesma rua informados por Marana. Na versão da polícia, dois homens estariam sem roupas e, em nota, a polícia declarou que a ocorrência foi resolvida no local.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários