Daisy Veerasingham: nova CEO da AP
Divulgação/AP
Daisy Veerasingham: nova CEO da AP


A Associated Press (AP), agência de notícias independente, terá pela primeira vez uma mulher não branca como líder e a primeira pessoa a liderar a agência de fora dos Estados Unidos em seus 175 anos de existência: Daisy Veerasingham, 51, até então vice-presidente executiva e diretora de operações. A AP produz cerca de 2 mil notícias, 3 mil fotos e 200 vídeos todos os dias, atingindo mais da metade da população mundial.

Nomeada como CEO nesta terça, 3 de agosto, Daisy irá substituir Gary Pruitt, que estava no cargo desde 2012 e irá se aposentar no início do ano que vem. Daisy é representante da primeira geração britânica de descendência do Sri Lanka. Sua nomeação traz junto uma mudança na AP; hoje, 40% da receita da empresa é gerada nos EUA, o dobro do que era há 15 anos atrás.

A nova presidente e CEO terá a tarefa de continuar a diversificar as fontes de receita, assim como outros grupos como Forbes e The Economist. 


Daisy afirmou estar determinada a manter a AP como uma fonte de jornalismo de credibilidade, a favor da liberdade de imprensa e do acesso à informação. “Esses são valores fundamentais para a AP desde sua fundação, há 175 anos.Eu acho que eles são realmente mais importantes hoje”, afirmou ela.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários