Menina contando a história da mulher que pediu para sua mãe amarrar o black power
Reprodução Instagram
Menina contando a história da mulher que pediu para sua mãe amarrar o black power

Tatielly Lima tem apenas oito anos, mas ficou famosa em dezembro de 2017 quando sua mãe postou um vídeo no YouTube em que a pequena falava que tinha acordado "maravigold". A menina que dá uma aula de motivação e amor próprio, especialmente com o cabelo , recebeu críticas porque um dia as madeixas estavam um " black power de matar uma pessoa".

Enquanto ela passeava com a mãe, uma mulher desconhecida das duas questionou a mãe de Tatielly de porque ela não amarrava o cabelo da garota para passear. A pequena conta que a mãe disse que a filha gostava dos cabelos assim. Mas ela mesma disse que teve vontade de perguntar por que a mulher não amarrava a língua. Ela aproveita para orientar as pessoas sobre como proceder quando este tipo de situação acontece: "Você tem o seu cabelo, eu tenho o meu cabelo. Se eu quiser ele amarrado, eu deixo amarrado, se eu quiser ele solto, eu deixo ele solto."

Desde antes do primeiro vídeo viralizar, Tatielly e a mãe falam sobre cuidado com os cachos e situações de racismo nas redes sociais, onde a pequena se posiciona sobre quem é e o que gosta. Neste vídeo, a menina explica que é negra, pois estava recebendo muitos comentários dizendo que ela era branca.



Para quem está começando a cuidar do próprios cachos e precisa de dicas, Tatielly faz este serviço de forma divertida, além da pequena ser uma fonte de autoestima e empoderamento.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários