A prática do equilíbrio e a respiração ajudam a mulher a se preparar até para a hora do parto

Ioga: recomendada para gestantes
Stefan
Ioga: recomendada para gestantes
Grávidas podem fazer ioga. “A ioga ajuda na manutenção do equilíbrio, da força muscular e da flexibilidade”, explica Tânia Scudeller, coordenadora do curso de Fisioterapia da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo). Ainda segundo a pesquisadora de fisioterapia em saúde da mulher, os exercícios de ioga ajudam a preparar o corpo feminino para as mudanças físicas da gravidez e para o momento do parto.

Leia mais: Gravidez semana a semana

A professora de educação física Denise Vancea, da Universidade de Pernambuco, ressalta a importância da ioga e também do pilates para as futuras mamães. “Nesse período a mudança no centro de gravidade da mulher muda, o que pode desencadear problemas na coluna. Tanto a ioga quando o pilates trazem benefícios nesse sentido”.

A prática de ioga também foi recomendada por todos os ginecologistas e obstetras questionados sobre o assunto. “As posturas adotadas na ioga, aliadas às técnicas de respiração e relaxamento, promovem o bem-estar e preparam para a descontração no momento do parto”, destaca o ginecologista e obstetra da Faculdade de Medicina da USP, Roberto Eduardo Bittar.

Saiba tudo que a grávida pode ou não pode fazer durante a gestação

    Leia tudo sobre: gravidez
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.