“Ter um filho autista não impede ninguém de ser feliz”, afirma Andréa. Ela, Marie, Cristina e Andrea compartilham os ensinamentos que o autismo trouxe para dentro de suas casas

Hoje, dia 02 de abril, é celebrado o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) para alertar sobre os preconceitos que rondam o transtorno e para estimular a disseminação de informações sobre o autismo.

De difícil diagnóstico, o transtorno não se manifesta fisicamente e, dependendo do nível, pode comprometer o desenvolvimento intelectual da criança. Para evitar atrasos, é necessário priorizar intervenções com equipe multidisciplinar, como psicólogos, fonoaudiólogos e terapeutas ocupacionais.

Em uma rotina adaptada para o bem-estar das crianças, as famílias desempenham um papel de extrema importância para os autistas. Os pais acompanham, torcem e celebram as conquistas e os esforços dos filhos. Para homenagear não só os autistas, mas toda a família, convidamos quatro mães para contar o que aprenderam com seus filhos.

Veja, abaixo, o depoimento dessas mulheres que lutam pela quebra do preconceito ainda presente no dia a dia das crianças autistas:

Andréa e o filho Theo
Arquivo pessoal
Andréa e o filho Theo

“Ter um filho autista não impede ninguém de ser feliz e, muito menos, de viver”

Clique e leia o depoimento de Andréa Werner Bonoli, mãe de Theo, 6 anos, e autora do blog "Lagarta Vira Pupa"




Marie e os filhos Pedro e Luís
Arquivo pessoal
Marie e os filhos Pedro e Luís

“Ser mãe é uma experiência única e impossível de descrever, que nos faz aprender mais do que ensinar”

Clique e leia o depoimento de Marie Dorión, mãe do Pedro, 12 anos, e do Luís, 10 anos, e autora do blog "Uma Voz para o Autismo"



Cristina e a filha Milena
Arquivo pessoal
Cristina e a filha Milena


“Para a minha família, o autismo nos fez mais fortes e ainda mais unidos”

Clique e leia o depoimento de Fausta Cristina, mãe de três filhos, entre eles Milena, 12 anos, que é autista. Cristina também é autora do blog "Mundo da Mi"



Andrea e a filha Nina
Arquivo pessoal
Andrea e a filha Nina


"Aprendi a festejar o dia de hoje, todos os dias, e não o amanhã"

Clique e leia o depoimento de Andrea Ribeiro, mãe da Nina, 6 anos, estilista e autora do blog "A autista e a estilista"





Leia também:
Pais ajudam crianças autistas a darem e receberem afeto
Mitos e fatos sobre crianças autistas

>>> Curta a página do Delas no Facebook e siga o @Delas noTwitter <<<

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.