A cor foi escolhida pela Pantone para representar o ano de 2018 e, apesar de ser um tom forte, pode ser usado de forma a agradar até os mais discretos

Ano novo, casa nova? Para muita gente, a virada de ano é sinônimo de mudança e, para os mais chegados em decoração , repaginar a casa será a forma escolhida para dar as boas vindas a 2018. Se você pretende colocar as mãos na massa e mudar a cara de algum cômodo em casa, uma boa opção é apostar na cor escolhida pela Pantone para representar 2018: o “Ultra Violet”.

O 'Ultra Violet' foi o tom escolhido pela Pantone para representar o ano de 2018, simbolizando novos começos
Reprodução/Pantone
O 'Ultra Violet' foi o tom escolhido pela Pantone para representar o ano de 2018, simbolizando novos começos

Desde 2000, o instituto – considerado como a autoridade mundial em cores – divulga uma cor no final do ano para simbolizar aquele que está por vir. No início de dezembro do ano passado , A Pantone divulgou que o “ Ultra Violet ” seria a bola da vez, descrevendo o tom de roxo bem vivo como “uma cor refrescante e revitalizante que simboliza novos começos” e é “dramaticamente provocativa e reflexiva”. Para Edson Vieira, arquiteto da Etna, a cor traz sensações marcantes, agregando a ideia de criatividade, mistério, luxo e elegância.

Assim como o “Greenery”, tom de verde claro e aberto escolhido pelo instituto para ser o símbolo de 2017, a cor de 2018 pode intimidar um pouco aqueles que curtem uma decoração mais neutra e simples. Ainda assim, o tom de violeta levemente puxado para o lilás pode, sim, ser usado sem que torne um ambiente enjoativo.

De acordo com Vieira tons escuros são conhecidos por passar a sensação de que o ambiente é menor e, sendo assim, cores como o “Ultra violet” precisam ser utilizadas com parcimônia. “Ela é indicada para ambientes com mais amplitude, porém nada impede de utilizar em pontos de cor nos cômodos, como aplicar em uma única parede ou até mesmo em móveis maiores como o sofá ou uma cômoda, por exemplo, para criar uma peça destaque”, explica Vieira.

Foco nos detalhes

Para Vieira, até as pessoas que não curtem uma decoração muito “cheguei” podem apostar na cor do ano. “O ‘Ultra Violet’ é carregado por uma pigmentação marcante. Para aqueles mais discretos, a dica é apostar nos pequenos objetos, como abajures, vasos, quadros, tapetes ou peças decorativas”, afirma o arquiteto.

Para quem é mais discreto, o tom fica bem em detalhes, como em almofadas, pufes, tapetes e outros objetos
Reprodução/Pinterest
Para quem é mais discreto, o tom fica bem em detalhes, como em almofadas, pufes, tapetes e outros objetos

Além de espalhar objetos pequenos ou usar o tom em áreas restritas - como no interior de um móvel ou em um pedaço da parede –, o arquiteto também indica contrastá-la com cores mais suaves e neutras, como bege, branco, e cinza. “Isso traz toda a sua personalidade de maneira mais leve e sem tanto impacto visual”, acrescenta Vieira.

No banheiro e na cozinha? Sim!

Se engana quem pensa que só cores claras e neutras são aceitáveis em banheiros e cozinhas. De acordo com Vieira, tons como a cor do ano da Pantone podem, sim, ser usados em qualquer ambiente, tanto externos quanto internos, desde que haja cautela para harmonizá-la com o restante da decoração.

Em banheiros, o ideal é contrastar o tom com cores claras e neutras, como branco, cinza e creme
Reprodução/Pinterest
Em banheiros, o ideal é contrastar o tom com cores claras e neutras, como branco, cinza e creme

No banheiro, uma ideia é utilizar o tom de violeta em partes das paredes (sempre as contrastando com tons mais claros e neutros) ou em azulejos coloridos, mesmo que para um detalhe ou outro.

O 'Ultra Violet' também pode aparecer na cozinha, sempre com o cuidado de não utilizá-lo no ambiente inteiro
Reprodução/Pinterest
O 'Ultra Violet' também pode aparecer na cozinha, sempre com o cuidado de não utilizá-lo no ambiente inteiro

Na cozinha, é interessante utilizá-la em um “foco”, como nos armários, também mantendo o restante do cômodo mais neutro para o ambiente não ficar tão pesado.

Leia também: Amarelo primrose é a cor do momento; veja dicas de como usá-la em casa

Roxo por toda parte

Se o ambiente onde você pretende utilizar a cor for mais amplo e você realmente gostar bastante de roxo, não há problema algum em se jogar e espalhá-la por todo o cômodo. Para isso, você pode apostar em variações da tonalidade ne hora de pintar as paredes, deixando a mais escura para uma das faces e pintando as outras com uma mais clara.

Se o restante da decoração se mantiver mais minimalista e em tons sóbrios, o 'Ultra Violet' pode aparecer em peso
Reprodução/Pinterest
Se o restante da decoração se mantiver mais minimalista e em tons sóbrios, o 'Ultra Violet' pode aparecer em peso

Em um quarto ou uma sala, os acessórios – como roupas de cama e almofadas – também podem aparecer em tons puxados para o “Ultra Violet”, inundando o cômodo em uma aura mais misteriosa e, ao mesmo tempo, sofisticada.

É importante, porém, manter o restante da decoração simples. Móveis mais minimalistas em tons sóbrios ajudam a não criar aquela impressão de “muita informação” no ambiente. Um tom que combina bastante com esse violeta é o cobre, que pode aparecer, por exemplo, em lustres e outros objetos decorativos.

Móveis descolados

Apesar de móveis normalmente aparecerem em tons mais sóbrios – como preto, marrom, branco e creme –, inovar na cor deles é uma forma de deixar o cômodo mais alegre.

A cor também fica bem em móveis, como sofás, poltronas, gabinetes e estantes, e pode ser combinada com outras cores
Reprodução/Pinterest
A cor também fica bem em móveis, como sofás, poltronas, gabinetes e estantes, e pode ser combinada com outras cores

Se o ambiente tiver as paredes de tons mais neutros, como branco ou cinza, é possível pintar os móveis de tons diferentes, mas que se combinem. Peças na cor “Ultra Violet” combinam bem com outras em tons claros de amarelo e verde e até cores mais vibrantes, como o vermelho bem aberto.

Aposte em flores e cristais

Se a ideia de repaginar a casa também é motivada pela vontade de renovar as energias dos cômodos para receber o ano que está começando , uma boa ideia é utilizar cristais. Convenientemente, o terapeuta holístico Jon Maia indica o uso da ametista para esses fins, pedra que tem exatamente o tom arroxeado da cor do ano .

A ametista é um cristal que é a cara da renovação e, convenientemente, tem a cor do ano de 2018
Reprodução/Pinterest
A ametista é um cristal que é a cara da renovação e, convenientemente, tem a cor do ano de 2018

De acordo com o especialista, a ametista melhora a captação de energia do ambiente, e o ideal é posicioná-la em cômodos nos quais as pessoas costumam se reunir ou em corredores. Além dos cristais em forma bruta, também é possível encontrar enfeites e outros objetos de decoração confeccionados com a pedra, como suportes de velas e abajures.

Flores como a lavanda e a violeta também podem dar um toque mais discreto de 'Ultra Violet' ao ambiente
Reprodução/Pinterest
Flores como a lavanda e a violeta também podem dar um toque mais discreto de 'Ultra Violet' ao ambiente

Outra ideia para quem é mais discreto e não pretende utilizar o “Ultra Violet” de forma muito expressiva é apostar em flores. A lavanda e a violeta, por exemplo, têm a cor perfeita e, na hora de distribuí-las, você também pode usar recipientes arroxeados.

    Leia tudo sobre: Casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.