De acordo com o instituto, a cor escolhida é "dramaticamente provocativa e reflexiva" e simboliza a quebra de paradigmas, a criatividade e a ousadia

Desde 2000, a Pantone – autoridade mundial em cores – divulga uma cor para simbolizar o ano, escolha que acaba influenciando (e muito) no mundo da moda e do decór. Para 2017, a escolhida foi a “Greenery” , um tom de verde bem aberto e alegre, definido pelo instituto como “uma cor refrescante e revitalizante que simboliza novos começos” e lembra o início da primavera, “quando o verde da natureza revive, se restaura e se renova”.

De acordo com a Pantone, a
Divulgação/Pantone
De acordo com a Pantone, a "Ultra Violet", eleita como cor do ano para 2018, é um tom "provocativo e reflexivo"

Nesta quinta-feira, porém, o instituto divulgou a cor do ano para 2018, mudando radicalmente a proposta. Batizada de “Ultra Violet” (e identificada pelo código 18-3838), a cor escolhida pela Pantone para simbolizar o ano que está por vir é um tom de roxo puxado para o violeta e um lilás mais escuro, descrito no site do instituto como uma cor “dramaticamente provocativa e reflexiva”.

Leia também: Pantone divulga tendências de cores para 2018; confira as paletas

Descobertas e realizações

No site, o instituto relaciona a cor escolhida com ícones da música, como Prince e Bowie
Divulgação/Pantone
No site, o instituto relaciona a cor escolhida com ícones da música, como Prince e Bowie

Em nota oficial, o instituto usou muitas imagens de galáxias para ilustrar a nova cor, relacionando-a com os mistérios do cosmos e “o vasto céu noturno e sem limites que simboliza as possibilidades e continua a inspirar o desejo de buscar um mundo além do nosso”.

De acordo com a nota, a escolha também foi inspirada em símbolos da criatividade e da individualidade. “Ícones musicais como Prince, David Bowie e Jimi Hendrix trouxeram tons do ‘Ultra Violet’ à tona na cultura pop como expressões pessoais de individualidade”, afirma a nota.

Além de simbolizar experimentação, individualidade e não-conformidade com os limites, o “Ultra Violet” também tem, de acordo com o instituto, uma ligação com práticas místicas e espirituais. Sendo assim, o comunicado da Pantone sugere o uso do tom em locais voltados para meditação, ou ambientes em que muitas pessoas costumam se reunir para inspirar conexão entre elas.

Leia também: Amarelo primrose é a cor do momento; veja dicas de como usá-la em casa

A "volta" do roxo

Esta, porém, não é a primeira vez que um tom de roxo é escolhido como a cor do ano pela Pantone; em 2014, foi a vez do “Radiant Orchid” (18-3224), um tom de lilás com nuances mais rosadas. Ainda assim, a proposta da cor era parecida com a do “Ultra Violet”. De acordo com o site da entidade, a cor é intrigante, expressiva, criativa, cativante, charmosa e incentiva a imaginação.

    Leia tudo sobre: Casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.