Escolher um perfume para dar de presente neste Dia dos Namorados pode ser boa opção para fazer com que seu parceiro se lembre de você com amor

Já pensou no que vai dar de presente para o seu parceiro ou parceira no Dia dos Namorados ? Se a sua resposta é "não", talvez esteja na hora de começar a refletir com carinho sobre o que a pessoa gostaria de ganhar, levando em consideração os gostos dela, claro, mas pensando em algo que também a faça lembrar de você. Um perfume, por exemplo, pode ser a opção perfeita nesse caso. 

Leia também: Cinco curiosidades sobre perfumes que você deve saber antes de comprar um

O dia dos namorados está chegando e um perfume pode ser a opção perfeita de presente para aquela pessoa especial
shutterstock
O dia dos namorados está chegando e um perfume pode ser a opção perfeita de presente para aquela pessoa especial


De acordo com Cassiano Silva, crítico de fragrâncias, consultor particular de estilo em perfumaria e criador do portal especializado "Perfumart", um perfume pode, sim, ser considerado um bom presente para o Dia dos Namorados — apesar de existirem superstições sobre isso. "Há uma lenda urbana que diz que presentear com perfume é delicado e que, no caso de relacionamentos, quando o perfume acaba a relação também chega ao fim."

Entretanto, apesar da crença, o especialista afirma que existem vários motivos para valorizar um bom perfume : durabilidade e bom investimento, ja que um frasco de 100ml irá durar bastante tempo; ocasições de uso, por ser um item que será usado sempre em momentos especiais; além das memórias olfativas, que fazem com que você seja sempre lembrado de uma forma carinhosa por causa da fragrância escolhida. Mas o que é preciso saber antes de escolher o perfume ideal? 

Leia também: Qual a diferença entre os perfumes Eau de Parfum e Eau de Toilette?

Classificações de aromas são diferentes?

Existem diferentes classificações de perfumes e aromas, que são divididos em
shutterstock
Existem diferentes classificações de perfumes e aromas, que são divididos em "famílias", porém perfume não tem gênero

O principal conhecimento que você precisa ter antes de escolher um presente é saber que existem diversas classificações de perfumes e  aromas , que são divididos em "famílias olfativas". "Normalmente, famílias Florais, Chipres e Gourmands se aplicam às fragrâncias femininas, enquanto os Aromáticos, Ozônicos e Amadeirados se aplicam às fragrâncias masculinas", explica  Cassiano.

Porém, essa divisão entre "aromas femininos e masculinos", apesar de ainda existir, não é uma obrigatoriedade. "Embora seja possível encontrar flores em grande quantidade na composição de algumas fragrâncias masculinas, bem como madeiras em algumas fragrâncias tipicamente femininas, dificilmente veremos no mercado fragrâncias masculinas classificadas como florais ou femininas classificadas como amadeiradas."

"Felizmente, o mercado está evoluindo para a quebra das barreiras de gênero e algumas empresas já começaram a entender que o usuário não quer mais comprar um perfume por causa de um rótulo, mas por causa da fragrância. E isso vai de encontro à raiz da perfumaria mundial, defendida por muitos perfumistas de renome, que afirmam que perfume não tem gênero", afirma o especialista. 

A segunda coisa mais importante é que existe diferença entre as nomeclaturas utilizadas. "Já faz algum tempo que as grifes nacionais estão utilizando nomenclaturas como Deo Colônia (Desodorante Colônia) e Deo Parfum (Desodorante Perfume) para os seus perfumes. Na prática – e de forma simplificada –, seriam equivalentes aos famosos Eau de Toilette e Eau de Parfum das grifes internacionais. Vale ficar atenta aos pequenos detalhes", diz. 

Além disso, a  fragrância escolhida diz muito tanto sobre a personalidade de alguém quanto sobre a real intenção de uso. "Pessoas de personalidade mais firme, não costumam se render às fragrâncias mais suaves e delicadas. Já aquelas que tem temperamento mais brando e não querem chamar atenção, não gostam de perfumes muito fortes, do tipo que deixam rastro e dominam o ambiente."

"Geralmente, a mulher que quer chamar atenção em uma festa ou balada costuma usar fragrâncias mais sensuais, como as da família dos Orientais. Da mesma forma, o jovem que quer demonstrar maior seriedade no novo emprego, por exemplo, precisa deixar de lado aquela fragrância mais descompromissada e investir em perfumes mais sóbrios, como os Amadeirados ou Fougères", explica. 

Leia também: Qual perfume ideal para você de acordo com seu signo? Especialista dá dicas

Como escolher um perfume para alguém?

A melhor forma de escolher uma fragrância para outra pessoa é pensando sobre o que mais combina com os gostos dela
shutterstock
A melhor forma de escolher uma fragrância para outra pessoa é pensando sobre o que mais combina com os gostos dela

Porém, independentemente do gênero do seu parceiro, o consultor afirma que escolher um perfume para o Dia dos Namorados pode ser uma tarefa delicada. "Ainda mais para aquelas pessoas que usam um mesmo perfume há anos e não interagem muito com o mercado. Isso é um grande limitador", afirma. 

Já para quem gosta de perfumes e fica de olho nos últimos lançamentos, dar um presente pode ser um pouco mais fácil, especialmente porque existe uma tendência em idealizar o que mais combina com o outro quando o assunto é relacionamento. Porém, Cassiano afirma que mesmo sabendo qual perfume seu parceiro costuma usar, não quer dizer que seja possível identificar a preferência dele, já que uma mesma pessoa pode ser eclética na hora de usar perfumes, variando o estilo. 

"O melhor a considerar na hora de escolher um perfume para alguém é a sua real finalidade. Por exemplo, se o perfume vai ser dado para que o parceiro use sempre em encontros românticos, já é meio caminho andado, inclusive, para direcionar o vendedor da loja. Se a decisão vai ser baseada naquela conversa que o casal teve, na qual um deles deixou escapar que precisava de um perfume novo para trabalhar, também ajuda." 

Se você não tem ideia do que escolher, Cassiano recomenda ir direto ao ponto e perguntar que tipo de perfume a pessoa gosta.  "Mas se você não quiser estragar a surpresa, pode procurar ajuda especializada. Do contrário, o investimento poderá virar 'presente de grego'", explica o profissional.

Segundo ele, nos últimos anos, as empresas que fabricam e distribuem perfumes têm investido no treinamento dos vendedores. "O vendedor precisa saber o básico na hora da venda. E, no caso das fragrâncias, isso engloba famílias olfativas, ocasiões de uso mais indicadas, notas que entram na composição e até o conceito criativo, dependendo do produto e do público-alvo, como no caso da perfumaria de nicho." 

Não esqueça também que na hora de dar um presente  é importante levar em consideração o que o outro gosta e não apenas a própria preferência. "O maior erro das pessoas nesse tipo de situação é comprar um perfume levando em consideração o próprio gosto pessoal, pois, embora haja uma relação entre o casal, devemos sempre lembrar que o foco está na pessoa que usa a fragrância, não naquela que compra", finaliza. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.