"Nunca poderemos agradecer o suficiente", diz noiva que quis casar às presas ao descobrir que o jovem parceiro possui uma doença genética degenerativa

Já pensou em ter o casamento bancado por estranhos? Foi exatamente isso que aconteceu com os ingleses Hannah e Stuart Dickson. Eles decidiram se casar às presas depois de o noivo descobrir que possui uma doença cerebral grave e degenerativa. Sem verba para festa e cerimônia, contaram com doações para realizar sonho de dizerem "sim". 

Leia também: O amor e suas diversas formas

O casamento de Hannah e Stuart foi pago por desconhecidos que se sensibilizaram com a doença do noivo
Reprodução/Daily Mail
O casamento de Hannah e Stuart foi pago por desconhecidos que se sensibilizaram com a doença do noivo


Com a ajuda de uma instituição de caridade que fez uma campanha online, eles conseguiram doações para realizar o tão sonhado casamento . No total, foi arrecadado cerca de 27 mil libras (aproximadamente R$ 116 mil). “Nunca poderemos agradecer o suficiente”, afirma a noiva ao jornal britânico "Daily Mail".

Doença no caminho do conto de fadas

O casal se conheceu em 2011 e, meses depois, começou a namorar. Desde então, passaram a viver um romance digno de conto de fadas. Durante esses anos e união, tiveram dois filhos, Harry, de quatro anos, e Bella, de três anos. Tudo ia bem e o casamento já estava nos planos, até que no começo deste ano, Stuart foi diagnosticado com a doença de Huntingdon – uma condição hereditária incurável que herdou do pai.

Hannah, que trabalha com crianças autistas, foi a primeira a perceber que havia algo errado com o parceiro. “Stu estava deprimido, o que agora sei que é um sintoma da doença, e tornou-se muito desajeitado no trabalho, então ele fez alguns exames de sangue”, lembra, “No fundo, por causa do pai dele, eu acho, sabíamos que era possivelmente ser Huntington, mas não dissemos nada um para o outro”, acrescenta. Quando os resultados dos exames saíram, veio a confirmação.

“Foi um diagnóstico devastador”, conta Hannah ao “Daily Mail”. Eles ficaram arrasados quando os médicos disseram que o rapaz tinha uma forma muito grave da doença, provocando danos cerebrais progressivos que causavam movimentos inquietos, sensíveis, mudanças de personalidade, problemas de mobilidade e, eventualmente, poderia levar a um estado semelhante à demência, tornando o paciente totalmente dependente. “Isso aumentou minha necessidade de me casar com ele. Stu sabe que eu o amo.”

Leia também:  Marido aprende a fazer maquiagem de esposa como uma prova de amor; entenda

Na saúde e na doença 

Quando Hannah começou a falar da vontade que tinha de casar com Stuart, algumas pessoas demonstraram grande preocupação, pois sabiam que a condição que o noivo possui é incurável. Ela chegou a ouvir que ele provavelmente ficará em uma cadeira de rodas e completamente dependente dela antes de morrer. A noiva não ligava nem um pouco, pois tinha na cabeça que realmente gostaria de estar com o amor de sua vida na saúde e na doença.

Ajuda inesperada 

Como tiveram que antecipar a cerimônia, não tinham dinheiro para bancar todos os gastos envolvidos em um casório. Foi então que uma instituição de caridade ficou sabendo da história do casal e resolveu lançar a campanha, uma vaquinha. Os noivos ficaram surpresos ao perceber que as pessoas estava contribuindo e pagado hotel, fotógrafo,maquiagem da noiva, cerimônialista , bolo, flores, celebrante, doces e até alianças para a união.  

Os noivos ficaram muito emocionados por ter realizar esse sonho
Reprodução/Daily Mail
Os noivos ficaram muito emocionados por ter realizar esse sonho


Leia também: Sete irmãs se casam no mesmo dia para realizar sonho de pai com câncer terminal

O casamento aconteceu da forma como sempre sonharam. Agora estão felizes e oficialmente casados, mas uma das grandes preocupações do casal é o futuro dos filhos Harry e Bella. Ambos podem carregar o gene defeituoso do pai, mas só poderão ser diagnosticados depois dos 18 anos. “Para mim, essa é a parte mais difícil. Eu sei que as crianças podem sofrer o mesmo destino que Stu”, desabafa Hannah. “Mas, tenho que viver um dia de cada vez, amando e cuidando deles e esperando o melhor. O que garanto é que nunca vou me arrepender de ter casado com o homem dos meus sonhos”, finaliza.

    Leia tudo sobre: amor
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.