Marte, Vênus, Saturno… qual o significado dos planetas na Astrologia?
Larissa Nacif
Marte, Vênus, Saturno… qual o significado dos planetas na Astrologia?

Nos estudos astrológicos, acredita-se que a posição dos astros interfere energeticamente em nossa vida, sobretudo na vivência cotidiana e em nossa personalidade. Dessa forma, quando analisamos de fato todos esses pontos, é extremamente importante considerarmos os planetas, assim como a forma que se encontram no céu e quais aspectos eles nos oferecem diariamente. 

COMO SERÁ O SEU DIA HOJE? DESCUBRA TUDO NO HORÓSCOPO DIÁRIO !

LÁ TEM TODAS AS TENDÊNCIAS ASTRAIS PARA O SEU SIGNO!

​​Mas, calma! Nada de brigar com o pessoal da Astronomia, que estuda e entende nossos queridos planetas de uma forma mais científica.  Aqui pra nós, entendemos que cada planeta tem uma função. Eles são ferramentas que utilizamos para compreender melhor certos fatores que acontecem por aqui, cada um com seu objetivo. 

Ao todo, a Astrologia considera 10 planetas como objetos de estudos e todos fazem parte de três grupos: pessoais, sociais e geracionais. Listamos aqui para você quais são eles e como nos ajudam a entender melhor esse conceito. Confira!

Planetas pessoais: Sol e Lua

Sim, nos estudos da Astrologia, Sol e Lua são considerados planetas e, nesta configuração, encontram-se do que chamamos de "pessoais". Ambos  possuem características diretas em nossa personalidade, pois identificamos mais claramente a força desta dupla em nossa intimidade e na rotina. Não é à toa que, muitas vezes, temos maior conhecimento do nosso signo lunar e, principalmente, do solar. O signo lunar trata das nossas emoções e de como nós reagimos emocionalmente às coisas. Já o Sol, nos mostra a  motivação, a essência e  a identidade pessoal.

Mercúrio, Vênus e Marte: outros planetas pessoais

Além do Sol e da Lua, temos outros três planetas que configuram os "pessoais", como é o caso de Mercúrio, o planeta da comunicação e da expressão. Mitologicamente, Mercúrio é o mensageiro dos deuses, por isso rege nossa vida cotidiana e a forma como nos comunicamos com o mundo, como interpretamos e como vivenciamos nossa vida diariamente. Outro importante planeta pessoal é Vênus, conhecida na Mitologia como a Deusa do Amor,  Beleza e Equilíbrio, que nos aponta como amamos e como somos nas relações e ao que damos valor. E, por fim, Marte, o Deus da Guerra, que simboliza a ação, o movimento, a impulsividade e a iniciativa - características marcantes para nossa vida de todos os dias. 

Leia Também

Planetas sociais: Júpiter e Saturno

Os planetas sociais possuem características daquilo que nós desenvolvemos estando em meio à sociedade. Júpiter nos ensina como a gente se expande para a cultura que estamos inseridos, bem como a forma como desenvolvemos a nossa fé. Já no caso de Saturno, ele nos mostra sobre nossas responsabilidades diante das circunstâncias da vida e de como nós estruturamos a nossa maneira de agir e de agirmos em relação às nossas tarefas e compromissos de acordo com o bem maior.

Planetas geracionais: Urano, Netuno e Plutão

Os planetas que vão além de Saturno não estão associados com a nossa individualidade, mas, sim ao coletivo e aos assuntos de uma geração inteira. Urano, por exemplo, nos mostra a condição de liberdade que todos temos em comum, além da necessidade de pensarmos fora da caixa para deixar a evolução do planeta seguir seu caminho. Netuno, o planeta que fala do nosso inconsciente, nos ensina quais são as aspirações e os sonhos que devemos trabalhar para realizar. E, por último, Plutão, se refere às transformações e encerramentos profundos que acontecem dentro de um determinado período.

Leia Também

Rituais para o amor: como aproveitar melhor a energia de Vênus e Marte em Aquário​

Mercúrio entra em Peixes: descubra como esse planeta influencia a sua vida

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários