Dia de Madre Teresa de Calcutá: conheça a história e oração da santa
Redação João Bidu
Dia de Madre Teresa de Calcutá: conheça a história e oração da santa

Anjezë Gonxhe Bojaxhiu, ou Madre Teresa, foi uma freira católica responsável por ajudar doentes e pobres em diversos lugares do mundo, com o respaldo de sua congregação, Missionárias da Caridade, que ainda hoje conta com filiais em vários países. Ela nasceu em 26 de agosto de 1910, na cidade de Skopje, na Macedônia, e faleceu em 5 de setembro de 1997, aos 87 anos, em Calcutá, na Índia. A sua canonização ocorreu no dia 4 de setembro de 2016, em Roma pelo Papa Francisco. Desde então, o dia 5 de setembro ficou marcado como a festa litúrgica e o Dia da Madre Teresa de Calcutá. Conheça mais sobre a história e orações da Santa.

JÁ CONFERIU SEU HORÓSCOPO DE HOJE ? APOSTO QUE TEM MUITA NOTÍCIA BOA PRA VOCÊ!

Anjezë Gonxhe Bojaxhiu

Filha de pais albaneses católicos, sempre recebeu ensinamentos sobre como era importante compartilhar alimentos com os mais pobres e amar ao próximo.

A menina perdeu o pai ainda muito cedo, aos nove anos de idade. Desde então, sua mãe abriu uma loja de bordados e dedicou-se a muitas obras de caridade no local. Dessa maneira, Gonxhe cresceu cercada de exemplos de religiosidade e generosidade.

Aos 18 anos, decidiu ingressar na ordem religiosa das Irmãs de Nossa Senhora do Loreto, ligada à congregação missionária jesuíta, voltada para a educação. Assim, a jovem mudou-se para Dublin, na Irlanda. Desse momento em diante, seria a Irmã Maria Teresa do Menino Jesus. 

Trajetória da benfeitora

Sua formação ocorreu em Darjeeling, na Índia, a 600 km de Calcutá. Após 18 meses de noviciado, recebeu seus votos. Por ser professora, passou a dar aulas em uma escola perto do convento onde morava. Alguns anos depois, foi lecionar no lado oriental de Calcutá.

Contudo, a pobreza da região a incomodava muito. Dois eventos – a grande fome na região de Bengala, em 1943, e o episódio de violência entre hindus e muçulmanos, em 1946 – fizeram com que Teresa decidisse “abandonar” o convento e ajudar os mais necessitados, vivendo em meio deles.

Assim, foi enviada ao hospital da Santa Família, na cidade indiana de Patna, para estagiar por três meses e adquirir conhecimentos médicos.

Em seu retorno, em 1948, ela se mudou definitivamente para os bairros mais pobres de Calcutá, onde passou a viver junto de suas ex-alunas, as primeiras Missionárias da Caridade. Nesse momento, já chamada de Teresa, procurou as autoridades da cidade em busca da concessão de um antigo edifício que serviria para abrigar tuberculosos, pessoas que sofriam de disenteria e tétano.

Todas as mulheres da congregação mudaram suas vestimentas para um sari de algodão branco com bordas azuis. Além disso, Madre Teresa recebeu sua cidadania indiana em 1951.

Legado da missionária

Madre Teresa também fundou a Casa do Coração Puro, em um prédio cedido pelas autoridades de Calcutá, em 1952. O abrigo visava tratar pobres abandonados à beira da morte, com alguns membros quase deteriorados.

Em 1986, o local recebeu a visita do papa João Paulo II. Tal fato permitiu uma expansão mais rápida da congregação. Na década de 1990, por exemplo, as Missionárias da Caridade passaram a contar com quatro mil irmãs, que trabalhavam em orfanatos e centros de caridade, em cerca de 130 países. A primeira casa aberta fora de Calcutá foi na Venezuela, em 1965. Em seguida, foram as vezes de Itália, Estados Unidos e União Soviética. Por seu trabalho ao redor do mundo, Madre Teresa de Calcutá recebeu o prêmio Nobel da Paz em 1979.

Problemas de saúde e a morte

Enquanto visitava o papa João Paulo II em Roma, na Itália, em 1983, Teresa sofreu seu primeiro ataque cardíaco. Ela ainda sofreria outro ataque seis anos depois, mas não foi isso que tirou sua vida.

Você viu?

Outros problemas de saúde fizeram com que ela recebesse a proposta de abandonar a liderança das Missionárias da Caridade. No entanto, as irmãs que a ajudavam pediram para que ela continuasse a trabalhar com a congregação. Mesmo assim, ela acabou deixando a chefia do grupo em março de 1997 e faleceu seis meses depois.

Seu enterro aconteceu em Calcutá e milhões de pessoas acompanharam a celebração, além de chefes de Estado e governantes de outras nações.

A beatificação e canonização de Madre Teresa

Logo após a morte de Madre Teresa, em 5 de setembro de 1997, já se iniciou a especulação sobre uma possível canonização da freira. O primeiro passo do processo foi a escolha de um postulador para guiar o processo de beatificação. O escolhido foi o padre e teólogo Brian Kolodiejchuck.

Como postulador, o trabalho do sacerdote foi provar que a vida da candidata havia sido heroica e também validar a realização de um milagre através da intervenção do nome de Madre Teresa.

Em 2002, o Vaticano reconheceu a cura do câncer no abdômen de Mônica Besra pela intervenção de uma imagem de Madre Teresa. Segundo Mônica, uma luz emanou da figura da freira e curou o seu tumor. Apesar das declarações dadas por ela, seu marido e seus médicos atribuíram a cura ao tratamento médico convencional.

Segundo a própria Mônica, seu histórico médico foi confiscado por freiras das Missionárias da Caridade. Com a aprovação do milagre pelo Vaticano, Madre Teresa foi beatificada em 19 de outubro de 2003.

Uma vez tornada beata, para elevar Madre Teresa a condição de santa faltava apenas um milagre confirmado com sua intervenção. O trabalho do padre Kolodiejchuck continuou com a procura desses relatos.

Em 17 de dezembro de 2015, o Papa Francisco reconheceu o segundo milagre de Madre Teresa: a cura de múltiplos tumores cerebrais de um brasileiro em 2008. Após a confirmação por uma junta médica de que a recuperação do homem não tinha explicação científica, o processo foi adiantado e uma cerimônia em 4 de setembro de 2016 confirmou o ato, tornando Madre Teresa uma santa.

Orações

Prece a Madre Teresa

"Bendita Teresa, madre que prometeu levar continuamente a luz do amor àqueles que estão na terra! Ore por nós que também desejamos satisfazer a sede de Jesus amando-o ardentemente, dividindo os seus sofrimentos alegremente, e servindo-o do fundo do coração, servindo a nossos irmãos e irmãs, especialmente aqueles que não são amados ou queridos." (Tradução e adaptação de "Prayer to Mother Teresa of Calcutta")

Oração a Santa Teresa

"Mantenha seus olhos puros para que Jesus possa olhar através deles. Mantenha sua língua pura para que Jesus possa falar por sua boca. Mantenha suas mãos puras para que Jesus possa trabalhar com suas mãos. Mantenha sua mente pura para que Jesus possa pensar seus pensamentos em sua mente. Mantenha seu coração puro para que Jesus possa amar com seu coração. Peça a Jesus para viver sua própria vida em você porque: ele é a verdade da humildade; ele é a luz da caridade; ele é a vida da santidade." (Fonte: Canção Nova)

Louvor a Madre Teresa de Calcutá

"Quero louvar a vós Madre Teresa de Calcutá, por olhar pela minha família, pelos meus amigos, parentes, colegas de trabalho, de escola, de passeio, pelo meu amado e por todas as pessoas que necessitam de uma bênção urgente. Vossa caridade e bondade são tão abençoadas que purificam o meu coração e a minha alma. Faz-me um fiel cristão, cheio de amor para oferecer, assim como vós, Madre Teresa, pois serei eternamente grato por essa luz divina. Madre Teresa de Calcutá, olhe por mim, para que eu seja digno de vossa misericórdia. Amém!"

LEIA TAMBÉM

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários