João Bidu

Terapias orientais poderosas
Redação João Bidu
Terapias orientais poderosas

Vivemos em uma pandemia desde o início do ano passado. Diante da preocupação com a saúde e do ineditismo da situação, novas rotinas tiveram que ser adotadas para a nossa segurança. Além disso, muitos hábitos mudaram. De acordo com dados do Google, houve um aumento de mais de 40% no buscador pela palavra ‘ terapia ’, no comparativo de março e abril de 2020 e o mesmo período deste ano.

O estudo do Think with Google, “Vida na quarentena: como estão os brasileiros um ano depois do início da pandemia?” , mostrou que o medo ainda paira sobre as pessoas devido às incertezas que a pandemia causa. Com isso, houve um aumento da procura por ajuda para lidar com isso.

Seja meditação, terapia com psicólogo à distância ou presencial, yoga no parque ou em casa, tudo pode oferecer benefícios para a mente e, consequentemente, para o corpo. Mas além dessas práticas há outras terapias, como as terapias orientais , que beneficiam tanto a parte física quanto a emocional, podendo ajudar nos sintomas causados pela tensão devido à pandemia e ao longo período de quarentena.  

As terapias orientais têm certas características muito semelhantes em todos os métodos, como a diminuição da tensão, a melhora da circulação e o alívio de dores físicas. Veja quais são essas terapias e bom proveito!

Acupuntura

É uma técnica chinesa muito conhecida. Apesar do método ser com agulhas finas e parecer doloroso, o paciente não sente nada além de uma pequena pressão no lugar da aplicação. A técnica é capaz de amenizar doenças físicas e emocionais, pois estimula as terminações nervosas, proporcionando efeitos analgésico e anti-inflamatório. Pode ser usado como um tratamento complementar ao tradicional, principalmente, para o controle de distúrbios como ansiedade, depressão e estresse. Dentre os principais ganhos da prática estão:

Corpo em forma: a acupuntura auxilia na regulação da fome e da compulsão alimentar, além de fazer a manutenção do equilíbrio hormonal.

Alivia a dor nas costas: por possuir efeito analgésico, a técnica é efetiva para se livrar dos incômodos da coluna, principalmente, da região lombar.

Acalma a mente: um dos principais objetivos do método é ajudar no controle do estresse e da ansiedade, estimulando pontos ligados à produção de hormônios que são liberados em eventos estressantes, como o cortisol.

Reduz problemas de estômago: como é capaz de ativar o relaxamento, a acupuntura auxilia na circulação, o que colabora para o trânsito sanguíneo na região estomacal e, assim, diminui possíveis incômodos. Também regula o sistema gastrointestinal e reduz o inchaço e a constipação.

Ameniza dores de cabeça : uma das características da atividade é justamente aliviar os desconfortos, funcionando como um analgésico que trata cefaleias

e enxaquecas.

Você viu?

Afasta os sintomas da TPM: reduz efeitos como inchaço, cólica, dores de cabeça e mau humor, pois regula os sistemas endócrino e nervoso.

Ajuda na recuperação de lesões: a técnica estimula pontos específicos que

melhoram a circulação e também são responsáveis pela cicatrização. Por isso, muitas equipes esportivas contam com a participação de acupunturistas para colaborar na recuperação de seus atletas.

Ayurveda

Apesar do nome sugerir algo complicado, essa terapia é muito simples. Trata-se de uma massagem realizada para reequilibrar as energias do indivíduo. De origem indiana, pretende ajudar o paciente a construir uma rotina saudável, abdicando de alimentos e atitudes nocivas. Diferentemente das outras técnicas alternativas, em vez de tentar amenizar os sintomas, a ayurveda busca tratar a causa do problema. Caracteriza-se como uma massagem realizada por meio de deslizamentos e alongamentos produzidos com as mãos, os cotovelos e os pés. Também fazem o uso de óleos naturais e essências que facilitam esse processo.

A prática estimula os músculos, a circulação e também libera as toxinas presentes no corpo. Dentre seus principais benefícios estão: alinhar a postura, aliviar a tensão muscular e melhorar o sistema imunológico. Além disso, também favorece a flexibilidade e a mobilidade das articulações. É uma técnica ideal para quem busca melhorar a aparência da pele, pois os óleos, combinados com a massagem, ajudam a nutrir o órgão. Auxilia a amenizar as dores inflamatórias, como as causadas pelo reumatismo, enxaquecas e dores nas costas. 

Outra vantagem é que, além das melhorias físicas, existem também as mentais. O ayurveda propicia o aumento da autoestima e da autoconfiança, proporcionando melhoras significativas em quadros de depressão e estresse. A técnica relaxante não possui

contraindicações e pode ser realizada por idosos, crianças, gestantes e pessoas com

patologias e dores.

Reiki

Essa terapia é originária do Japão e busca, por meio das trocas de energias , equilibrar e revitalizar o corpo. Usando as mãos como fonte de energia , a técnica fornece bem-estar e estimula a felicidade. Para praticá-la, é preciso desenvolver sentimentos que despertam boas energias. Conhecida como uma terapia bioenergética, ela é feita com exercícios de respiração que ativam as energias do corpo. O reiki proporciona melhorias emocionais, mentais e comportamentais. Ele pode ajudar, como medida complementar, no tratamento de diversos problemas, como depressão, dores crônicas e insônia. A prática também é capaz de aliviar os sintomas da TPM e do estresse diário, pois, por meio do relaxamento e da liberação de hormônios como a serotonina e a endorfina, causa a sensação de bem-estar.

Yoga

Se você procura uma técnica simples, que não exige muitos equipamentos ou horas do dia, o yoga pode ser uma opção! O método consiste em um conjunto de diferentes posições que visam equilibrar a mente e o corpo. Acredite, o yoga pode ajudar na sua saúde mental . Ele combina respiração, meditação e posturas corporais. Além disso, a prática é livre para todos os públicos: crianças, idosos e, até, gestantes. O exercício é particularmente benéfico para as futuras mamães, pois ajuda a fortalecer os músculos da pélvis - muito usados durante o parto. O yoga tem uma lista enorme de pontos positivos: melhora a flexibilidade; tonifica o corpo (e, consequentemente, emagrece); diminui a produção do hormônio cortisol, responsável pela sensação de estresse e ansiedade; reduz os sintomas da TPM, pois melhora a circulação; alivia a enxaqueca; estimula a respiração; ajuda no autocontrole e, até mesmo, favorece o sexo, já que beneficia a circulação e a elasticidade.

LEIA TAMBÉM

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários