João Bidu

Experimente uma vida abundante com amor
Liggia Ramos
Experimente uma vida abundante com amor

Não sei como foi o seu Dia dos Namorados, mas, sei que sem amor nada somos. Não sei se você está numa relação amorosa, mas, sei que sem amor não compartilhamos a vida. Não sei se você está feliz ou não, mas, sei que sem amor não expandimos na vida.

A maior fonte de energia para tudo que somos, fazemos e temos é o amor. Sempre ouvimos falar que “Deus é amor”, mas, acreditar nisso, é o mais difícil para a maioria que busca amor de qualquer jeito. Como eu sei? É só olhar para o mundo a fora e ver o tanto de dor, tristeza e medo que ainda existe!

Sempre digo que o amor é abundante e expansivo. O amor não dói, aliás, de acordo com trecho de um poema: é ferida que dói e não se sente. Essa tal ferida é uma simbologia da energia expansiva do amor, de desejar tanto em compartilhar esse sentimento que chega doer de emoção (não seria Deus assim? É só olhar a criação de tudo que fez).

O tal sofrimento que muitos passam não é amor, é a ilusão do egoísmo que quer somente para si mesmo todos os níveis de satisfação sem ter o trabalho da entrega, porque o amor, é uma verdadeira entrega.

Isso é tão verdade que, na Escala Hawkins de vibração dos sentimentos, o amor é o primeiro nível de expansão de alta vibração medido em hertz (hz) onde nos unimos com o Criador e nos libertamos dos prazeres egóicos e destrutivos.

Quando somos amor e nutrimos esse sentimento constantemente, não exigimos que outros nos ame, não sentimos solidão, tristeza e nem limitações. A vida passa a ser abundante e claro, cheio de amor.

Parece um conto de fadas né? Eu sei, também tive dificuldades de acreditar até finalmente compreender, que o amor é recíproco e só damos aquilo que temos. Se não sinto amor em mim, como irei querer que me amem?

Você viu?

Pois bem, experimentei mudar e vi a mágica do amor acontecer, a começar pelo autoamor. E aqui que te convido a experimentar a dar o seu primeiro passo de uma vida abundante e expansiva: se deus é amor, qual o tamanho do seu autoamor? Se Deus tem amor para dar, o que você tem a oferecer aos outros?

Uma reflexão é tanto, não é mesmo? Experimente e depois me conta como está sendo a sua experiência de amor na vida.

TEXTO:  Liggia Ramos | Numeroterapeuta e Taróloga

INSTAGRAM: @liggiaramos

LEIA TAMBÉM:

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários