João Bidu

Viva o presente: Aprenda a atenção plena com mindfulness
Ana Melo
Viva o presente: Aprenda a atenção plena com mindfulness

É normal as pessoas pensarem no futuro, pois somos naturalmente ansiosos . Sempre fazemos planejamentos e fantasiamos nossos eu's daqui há uns anos, trabalhando com o que gosta, alcançando objetivos, nos tornando as pessoas que sempre desejamos ser. A questão é que se passa 3, 5 ou 10 anos e vemos que esse "futuro" ainda não chegou e, se chegou, não é como imaginamos.

O problema desse pensamento é que não aproveitamos o presente ao máximo, deixamos o tempo passar sempre esperando algo que não vai chegar, como uma felicidade plena por conseguir algo. A felicidade é momentânea e sempre vamos querer mais, então, conforme o tempo vai passando, nossos objetivos vão se modificando e nossas vontades também. 

É muito importante ter objetivos em mente, pois são eles que vão nos motivar a correr atrás dos nossos sonhos, porém, é preciso curtir o caminho, a jornada. O final da trajetória é apenas um detalhe, pois seu amadurecimento e aprendizado irá acontecer enquanto caminha. Além disso, olhar somente no futuro contribui para crises de ansiedade e outros transtornos psicológicos. 


Como focar no presente com mindfulness

A técnica ajuda a desligar nosso modo piloto automático e deixar que as questões do passado e futuro não ganhe protagonismo na nossa mente. Com o mindfulness, é possível trabalhar o controle emocional e equilíbrio da mente e corpo a partir da atenção plena na hora de realizar tarefas diárias simples como escovar os dentes, comer ou tomar banho. 

Para não viver na expectativa de um futuro incerto, praticando mindfulness, você terá mais controle sobre as situações a sua volta e como elas influenciam nas suas emoções. Isso trará mais clareza sobre algumas questões e na sua forma de reagir a alguns acontecimentos. Além disso, seu foco nas atividades será aumentado e sua dedicação para a realização de um projeto será melhor. Focar no presente é essencial para evitar o sofrimento antecipado, a ansiedade e a procrastinação, ou seja, viver de forma mais leve e sem receios sobre coisas que não estão no seu controle. A única coisa que podemos controlar é como vamos agir e se comportar emocionalmente diante de certas situações. 

A técnica de mindfulness é muito mais do que apenas desligar o piloto automático, é nos conhecer de forma mais ampla e plena para conseguir compreender como os fatores externos mexem com as nossas emoções e pensamentos, processo importante para o caminho de autoconhecimento. 

Como praticar o mindfulness?

Você viu?

Preste atenção na sua respiração

Sinta a sua respiração. Preste atenção no ritmo e na intensidade. Pratique a respiração consciente várias vezes ao longo do dia, principalmente, em momentos que você sentir que está divagando. 

Sinta seu corpo

Quando estiver fazendo algo, sinta seu corpo e todas as sensações que estão em contato com a pele. Sinta sua roupa, os pés no chão, textura da cadeira, sinto o material do objeto que está segurando. Concentre-se no que está fazendo sem pensar nos próximos passos, faça uma etapa de cada vez de forma atenciosa. 

Reflita sobre seus sentimentos

Ao fazer tarefas diárias como arrumar a casa, tomar banho, se vestir, estudar e trabalhar, pare por um momento e pense nos sentimentos que estão fluindo no momento. Como você está se sentindo? O que essa tarefa desperta em você? Sinta os sentimentos que aparecem para você no momento e reflita na origem deles. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários