João Bidu

Conheça a religião neopagã chamada Wicca
Redação João Bidu
Conheça a religião neopagã chamada Wicca

A Wicca é uma religião neopagã que celebra a vida e a natureza. Diferente de bruxaria, a Wicca é considerada religião, pois existem dogmas a serem seguidos e ritos e celebrações fixas. Pelo fato da imagem das bruxas serem retratadas em filmes e livros como algo ruim e ligado ao satanismo, até hoje existe um grande preconceito com os praticantes da religião.

+Inscreva-se no Clube João Bidu e receba conteúdo exclusivo! Basta baixar o app do Telegram no seu celular e entrar neste Link !

Entenda quem são os Wicca e a história da religião!

Como tudo começou

Esta religião foi fundada por um inglês chamado Gerald Gardner. Ele era interessado em assuntos de misticismo, ocultismo e espiritualidade. Por ter conhecimento sobre estes tópicos, ele resolveu criar uma religião que representasse tudo o que acreditava, surgindo então a Wicca. Um dos princípios que é utilizado até hoje é a adoração de dois deuses, o feminino sagrado e masculino sagrado, que tenham semelhança entre si.

Com os anos, a religião Wicca aumentou e se expandiu para outros países. Foi despertando interesses, principalmente, em mulheres do movimento feminista e defensoras da natureza. Mesmo com essa expansão toda, as Wicca só foram realmente reconhecidas em 1986, nos Estados Unidos.

Crenças, rituais e símbolos Wicca 

Você viu?

Os Wiccanos são pessoas boas e prezam pela vida de outros, gostam de ajudar e viver em harmonia. Diferente do que muitos pensam, a base desta religião é a magia da cura, e ela só pode ser utilizada para o bem e para as pessoas que são queridas pelos Wiccanos. Além disso, eles prezam pela harmonia e acreditam na cura por meio da natureza e dos animais. Outro princípio é o cuidado com a fauna e flora. Além disso, acreditam na igualdade de gênero entre homens e mulheres, fazendo com que todos sejam vistos da mesma forma.

Os rituais iniciam-se com os integrantes se organizando em formato de círculo e de mãos dadas. Este círculo pode ser marcado, também, por um desenho no chão com giz, com velas, pedras, ervas ou sal marinho.

Após isso, monta-se um altar no centro do círculo, usando elementos que são as fontes de energia para o ritual. Dentro, pode-se colocar diferentes objetos que serão utilizados durante a cerimônia como cálices, caldeirão, velas, pedras, estatuetas, óleos essenciais, adaga, diversas ervas e taças de vinho.

LEIA TAMBÉM:

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários